Prefeito Jonas Donizette adiou reabertura em Campinas
Carlos Bassan / Pref. de Campinas/divulgação
Prefeito Jonas Donizette adiou reabertura em Campinas


A retomada econômica em Campinas f oi adiada para o dia 8 de junho, conforme anunciou o prefeito Jonas Donizette (PSB) na manhã deste sábado (30). A reabertura, com restrições, de comércios de rua, shooppings, escritórios, concessionárias e imboliárias, além de restaurantes - apenas no horário do almoço - e igrejas, estava prevista para o dia 1º.

De acordo com Jonas, a decisão pelo adiamento foi tomada em razão da alta demanda regional por atendimento médico nas unidades de saúde de Campinas, assim como a limitação de leitos de UTI, questão que o prefeito promete resolver na próxima semana. 

O anúncio da reabertura foi feito na última quinta-feira (28). Enquadrada na zona laranja, fase 2, do plano apresentado pelo governador João Doria, Campinas foi além da permissão estadual e decidiu reabrir também os restaurantes, ação que só é autorizada para cidades classificadas na zona amarela, fase 3.

Leia também: Covid-19: Campinas confirma 136 casos, número recorde em um dia

Por isso, existe a possibiliade de que os restaurantes sejam retirados do plano para que não haja divergência com a determinação do Estado.

No aguardo

Jonas Donizette disse que espera um parecer jurídico de sua equipe para saber se tem ou não autonomia de fazer alterações no plano."Se eu tiver autonomia, vou manter tudo como gostaria de fazer, com responsabilidade adequada", disse o prefeito.

Outra questão que pode ser revista é a da carga horário. O plano de Doria prevê autorização para quatro horas de funcionamento nos estabelecimentos, mas Jonas havia anunciado seis horas.

Números

Neste sábado, Campinas confirmou 136 novos casos de Covid-19, maior número apresentado em um dia. O total é de 1.570 casos, com 73 mortes.

    Veja Também

      Mostrar mais