Hospital de Clínicas da Unicamp sofre com falta de leitos de UTI
Divulgação/HC Unicamp
Hospital de Clínicas da Unicamp sofre com falta de leitos de UTI


O Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp está com 100% de ocupação em leitos de Unidade de Terapia Intensiva ( UTI ) para pacientes de Covid-19. Os 26 leitos disponíveis estão ocupados desde o final de semana e não houve alteração no cenário até a manhã deste segunda-feira (01).

Existem outros 26 leitos nas dependências do HC, destinados a internações por outros problemas de saúde, mas apenas um deles está vago. A preocupação que o cenário piore nos próximos dias é grande.

A falta de leitos de UTI na rede pública foi, justamente o motivo que fez a Prefeitura adiar a reabertura econômica em uma semana. Além dos moradores de campinas, os serviços de saúde de Unicamp estão sendo muito procurados por pacientes de outrsa regiões.

O HC já registrou 8 mortes por Covid-19 , entre 87 casos confirmados. Somado aos casos do Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (Caism) e o Centro de saúde da Comunidade (Cecom), que atende a comunidade interno,  o número de infectados tratados na Unicamp é de 265. 

Leia também: Covid-19: Com 1.614 casos, Campinas registra mais duas mortes

Campanha

Além dos problemas com leitos de UTI , o Hospital de Clínicas também convie com a escassez de uma série de equipamentos. Por isso, foi iniciada uma campanha que tem como meta a arrecadação de R$ 10 milhões. 

“Para quem atua na área da Saúde, sobretudo no setor público, sabe que milhões de reais são gastos em poucos dias. Essa campanha é muito bem-vinda. Doações financeiras dão respiro ao hospital. São como um sopro de vida para quem está na UTI há algum tempo”, comentou o cirurgião pediátrico e superintendente do HC, Antonio Gonçalves de Oliveira Filho.

“Com a chegada da pandemia, o HC passou a ser, também, uma unidade de referência no interior do estado para os casos graves de Covid-19. Precisamos enfrentar o novo coronavírus sem deixar de lado os pacientes com outras doenças. Precisamos de todos nessa batalha ou ficaremos no meio do caminho”, completa.

Em rápido pronunciamento na manhã desta segunda-feira (1º), o prefeito Jonas Donizette a nunciou dez novos leitos de UTI, começaram a funcionar no Hospital Mário Gatti, da rede municipal de Saúde. A Unicamp, que integra a rede estadual, não foi mencionada.

    Veja Também

      Mostrar mais