ACidade ON

Vídeo mostra aglomeração em rua do bairro Vida Nova.
Reprodução
Vídeo mostra aglomeração em rua do bairro Vida Nova.


O fim de semana foi marcado pelo registro de "pancadões", festas e aglomerações de pessoas soltando pipas em diversos bairros em Campinas. Os eventos foram registrados mostrando o desrespeito às medidas de saúde, com som alto e perturbação aos moradores, poucos dias após a cidade ser classificada na zona vermelha - com fechamento de comércio pelo aumento no número de casos e lotação acima de 80% nos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) .

Na madrugada de sexta para sábado, moradores do Jardim Icajaí registraram um evento nomeado como "festa do corona" , que reuniu centenas de jovens, todos sem máscaras e com presença de DJs. Já neste domingo (5), foi flagrado um pancadão no bairro Vida Nova. O evento também reuniu jovens e teve o registro de som alto. 

Leia também: Com 9.862 casos confirmados, Campinas registra mais nove mortes

O pancadão foi feito no meio da rua, contando com carros com alto falantes e motos que faziam manobras arriscadas. Segundo vizinhos, o evento durou até 7h da manha. A Guarda Municipal foi acionada, mas não chegou a ir até o local.   


Uma situação parecida foi registrada também ontem (5) no Parque Oziel, reunindo carros com som alto, parados no canteiro da Rua Geraldo Afonso de Souza.    

Já no parque Itajaí e na Vila Gêneses , muita gente se reuniu para soltar pipa durante a tarde. Segundo moradores, jovens faziam campeonato de pipa, e só pararam quando o Águia, helicóptero da polícia militar pousou por causa de um acidente com um motociclista.   

O que diz a Prefeitura 

Procurada, a Guarda Municipal respondeu apenas que foi chamada para conter a aglomeração no Parque Itajaí, mas por ter uma grande demanda não chegou a ir até o local. 

Em transmissão nas redes sociais nesta segunda-feira (6), o prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), declarou que ficou sabendo das aglomerações e que vai "endurecer" as medidas contra as festas. 

"Vamos endurecer nesta parte. Sem covid a situação já é ruim, porque a grande reclamação é a perturbação do sossego, e ainda mais nesse momento. Soubemos de festas no Jardim Icaraí, no Vida Nova, e o direito de um vai até o do outro começa. Além da perturbação tem ainda a parte da saúde", declarou. 

    Veja Também

      Mostrar mais