ACidade ON

WhatsApp está sendo usado para aplicar golpes em mutuários do CDHU.
Reprodução
WhatsApp está sendo usado para aplicar golpes em mutuários do CDHU.


Nas últimas semanas, mutuários da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) das regiões de Campinas, Franca, Marília e Ribeirão Preto receberam contatos de golpistas via WhatsApp fazendo cobranças falsas.

Nas ligações, os estelionatários fazem a cobrança e oferecem negociação em valores inferiores à dívida que a família tem com a CDHU e ameaçam de retomada de imóvel. Eles pedem para fazer transferência bancária, pagamento por aplicativo na internet ou emitem boleto bancário falso, sempre pelo WhatsApp , com perfil em que aparece uma imagem de uma moça com crachá e cordão da CDHU.

Leia também: Família recebe cesta básica com nove pacotes de sal

A CDHU comunicou que está tomando todas as providências necessárias para coibir a ação desses golpistas. "Já determinamos o registro de um Boletim de Ocorrência por crime cibernético pelos escritórios regionais e uma completa varredura em nossos bancos de dados para verificar se houve violação e acesso a informações sigilosas de nossos mutuários para praticar essa fraude", afirmou o diretor de Atendimento Habitacional da CDHU, Marcelo Hercolin. 

Registro 

A Companhia informou que não solicita depósito ou transferência bancária para pagamento de boletos ou quitação de débitos e que todas ações de cobrança judicial, reintegração de posse e despejo estão suspensas por conta da pandemia.

"Peço aos mutuários que fiquem atentos a esse novo golpe na praça e, em caso de dúvida, acessem o site www.cdhu.sp.gov.br ou liguem para o Alô CDHU, pelo telefone 0800-000-2348", completou o gestor.

As famílias contatadas estão sendo orientadas a fazer Boletim de Ocorrência, independentemente de terem efetuado ou não pagamento.

    Veja Também

      Mostrar mais