ACidade ON

Ave foi encontrada em ferro-velho.
Divulgação/Polícia Ambiental de Campinas
Ave foi encontrada em ferro-velho.


Um homem foi detido ontem (26) em Campinas por manter uma arara-canindé em cativeiro. A ave silvestre foi resgatada em um ferro-velho no bairro São José . O responsável foi multado em R$ 5 mil por criar a ave sem permissão.  

Segundo a Polícia Ambiental, o animal era mantido em uma gaiola, e foi encontrado durante uma fiscalização. A ave está na lista de espécies ameaçadas de extinção. Após o resgate, a arara foi encaminhada para avaliação veterinária no Parque Bosque dos Jequitibás.

Leia também: Guardas municipais salvam bebê de 1 mês engasgado

Manter aves silvestres sem autorização é crime ambiental, que determina autuação para quem mantiver espécies da fauna silvestre sem permissão, licença ou autorização da autoridade ambiental competente. Segundo a Polícia Ambiental, a atividade predatória do homem já causou a extinção dessa espécie em países como Trinidad e Tobago, Paraguai e Bolívia.  

Ao todo, o Ibama classificou uma lista com 130 espécies sob risco de extinção no Brasil. No entanto, o número pode ser ainda maior.

    Veja Também

      Mostrar mais