ACidade ON

Moradores de rua em Campinas.
Diuvlgação
Moradores de rua em Campinas.

O inquérito sorológico de covid-19 na população de rua de Campinas indicou que 3,3% das pessoas nesta situação testadas confirmaram o resultado positivo para a doença. O número é semelhante a testagem em massa feita em moradores da cidade, com 3,6% da população confirmada para coronavírus e divulgado em agosto.

O resultado do teste feito em 330 pessoas em situação de rua indicou que 11 testaram positivo para o novo coronavírus. A testagem foi feita entre os dias 13 e 30 de outubro. A Secretaria começou hoje a fazer o mesmo procedimento em motoboys de delivery.

Você viu?


De acordo com a Prefeitura, o inquérito foi realizado pelo Consultório na Rua na segunda quinzena de outubro e representa uma amostra representativa. "O primeiro inquérito sorológico da população em situação de rua é uma amostra significativa, aplicamos os testes em 330 pessoas atendidas pelos serviços municipais da Assistência Social e da Saúde", disse o prefeito Jonas Donizette (PSB) em transmissão ao vivo.

Além das pessoas em situação de rua, também foram testados 124 trabalhadores dos serviços voltados a essa população como Consultório na Rua, SOS Rua, Samim e abrigos. Três trabalhadores testaram positivo, ou seja, 2,4%.

As pessoas em situação de rua foram abordadas em diversos locais da região central, como Largo do Pará, Mercadão, Fepasa, Terminal Central, Catedral e entorno, além dos atendidos no Caps-AD, Samim e no abrigo Santa Dulce dos Pobres.

Até o momento, foram testados mais de 40% da população em situação de rua de Campinas, que, de acordo com o último censo realizado no ano passado, é de 822 pessoas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários