ACidade ON

Biometria não será utilizada nas eleições.
Wilson Dias/Agência Brasil
Biometria não será utilizada nas eleições.

Nas eleições deste ano, a Justiça Eleitoral dispensou o uso da biometria por conta da verificação de identidade , o que poderia gerar filas de eleitores - algo não recomendado por causa das restrições imposta pela pandemia do coronavírus. Em Campinas, apesar de não ser obrigatório desde antes da pandemia, 51,8% não haviam realizado o cadastro do serviço.

Um levantamento estatístico feito pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aponta que nesse pleito a checagem biométrica gastaria mais da metade do tempo do eleitor para votar especialmente porque serão feitas duas escolhas, uma para prefeito e outra para vereador.


Você viu?

Vale lembrar que em Campinas o uso da biometria ainda não é obrigatório. Dos 843.433 mil eleitores, 51,8% ainda não tem a biometria cadastrada. Isso corresponde a 437.566 eleitores que não fizeram o pedido para cadastrar as digitais.

Na cidade, são sete as zonas eleitorais, divididas por regiões de Campinas. A Central (33ª Zona) tem a maior porcentagem de não cadastros: 56,82% - isto significa 34.880 eleitores. A zona com menor percentagem é a do Ouro Verde (378ª Zona), com 89.944 eleitores sem biometria. 

MAIS ZONAS 

As outras zonas eleitorais também têm índices semelhantes de cadastro de biometria. Na Zona 274ª, que compreende o São Bernardo e Vila Padre Anchieta, a porcentagem é de 54,09% sem biometria (49.789 eleitores). Já na 275ª Zona (Barão Geraldo e Taquaral), o índice é de 51,32% (72.698 eleitores).

No Campo Grande (379ª Zona) são 80.783 - o que dá 52,41%. Nas Zonas 380ª (Chapadão e Nova Aparecida) e 423ª (Nova Campinas e Sousas) são 56,75% (65.552 pessoas) e 49,29% (43.920 eleitores) cada, respectivamente.

Ainda não há uma data para o retorno do cadastro da biometria em Campinas. A ação foi suspensa com a pandemia. Ela ocorreria no Palácio da Justiça com horário agendado. 

PARA VOTAR 

Para votar no próximo domingo, 15, leve um documento oficial com foto: carteira de identidade, passaporte, carteira de categoria profissional reconhecida por lei, certificado de reservista, carteira de trabalho ou carteira nacional de habilitação. Leve também seu título de eleitor, já que nele constam informações sobre a zona e a seção eleitoral.

Se preferir, baixe e instale o e-Título. Disponível na Google Play Store e Apple Store.

As certidões de nascimento ou de casamento não valem como prova de identidade na hora de votar. Além disso, é aconselhável levar uma caneta para assinar e também é obrigatório o uso de máscara.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários