ACidade ON

Unicamp afastou professor que exibiu vídeo pornográfico.
Unicamp/Divulgação
Unicamp afastou professor que exibiu vídeo pornográfico.

Um professor do Instituto de Física da Unicamp foi afastado de suas funções após publicar um vídeo com imagens pornográficas no canal do Youtube da universidade. Segundo a administração da instituição, "será aberta uma sindicância, seguindo os procedimentos institucionais" para tratar o caso. 

O docente teria terminado a aula e esquecido de encerrar a transmissão. Com a tela do computador ainda gravando, o professor acessou imagens pornográficas que estavam armazenadas no aparelho dele.


Posteriormente, a aula foi publicada no canal do Youtube da Unicamp e assistida pelos estudantes matriculados na disciplina.  "Ele grava as aulas e posta no Youtube. Porém, esqueceu de desligar o gravador, viu pornografia e subiu o vídeo. Quando fomos assistir o vídeo da aula, estava tudo lá", contou um dos alunos.  

Você viu?

Ainda de acordo com os estudantes, as imagens pornográficas foram exibidas durante três horas da gravação.  

SUSPENSÃO DAS AULAS 

Após o ocorrido, alunos matriculados nas disciplinas dadas pelo professor relataram que receberam um e-mail da universidade suspendendo duas das aulas. O e-mail encaminhado aos estudantes e enviado ao ACidade ON Campinas diz: 

"Em vista das recentes denúncias recebidas na Graduação, na Diretoria do IFGW e na Ouvidoria da Unicamp, vimos por meio deste comunicar que as aulas da F 609 e F 709 estão temporariamente suspensas, assim como todas as atividades pendentes relacionadas com a disciplina".  

O e-mail informa ainda que, seguindo o protocolo institucional da universidade, "neste primeiro momento será dado ao docente a oportunidade de se explicar antes que devidas sanções sejam tomadas. A diretoria do IFGW está cuidando do caso, e a graduação está acompanhando o desenrolar da situação para executar medidas necessárias". 

O QUE DIZ A UNICAMP 

Questionada pelo ACidade ON Campinas, a Unicamp respondeu que "será aberta uma sindicância, seguindo os procedimentos institucionais. O professor foi afastado da disciplina imediatamente".  

Sobre a suspensão das disciplinas F 609 e F 709, a instituição esclareceu que "somente foram suspensas as aulas dessa disciplina temporariamente até substituição do professor". A reportagem questionou ainda como ocorrerá a reposição da matéria, mas não houve retorno nesse sentido.  

Diante do acontecimento, a Unicamp ainda informou que as aulas poderão ser gravadas, mas não serão mais disponibilizadas em plataformas abertas sem a concordância expressa de todos os participantes que eventualmente aparecem ou falam.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários