ACidade ON

Guarda Municipal fiscaliza uso de máscaras em Campinas.
Divulgação/Prefeitura de Campinas
Guarda Municipal fiscaliza uso de máscaras em Campinas.

Apesar da existência de multa no valor de R$ 100 para quem não usa máscara contra a C ovid-19 em Campinas , muitos moradores continuam a ignorar a medida obrigatória de proteção sanitária durante a pandemia.

Você viu?

Neste fim de semana, a reportagem do  ACidade ON Campinas  flagrou muitos frequentadores da Lagoa do Taquaral sem o equipamento de proteção. Mas isso não acontece só lá, há vários pontos de grande circulação de pessoas onde o problema está ocorrendo.

A obrigação de usar máscara de proteção na cidade ocorre desde o mês de abril. Já a multa financeira para quem descumpre a medida veio apenas em agosto. De lá para cá, foram aplicadas 325 multas na cidade, segundo levantamento da Prefeitura.



Antes de agosto havia apenas a multa estabelecida pelo governo estadual que instituiu o valor de R$ 500. O governo municipal achou o valor muito severo e resolveu usar uma multa mais branda.

No município, diferente do Estado, cuja fiscalização é feita pela Vigilância Sanitária Estadual, ela é aplicada pelo efetivo da Guarda Municipal. Além disso, o valor arrecadado é destinado para o Fundo Municipal de Segurança Alimentar e pode ainda ser revertido em cestas básicas.

PANDEMIA

Em Campinas, a cidade está na fase verde do Plano São Paulo desde o dia 9 de outubroe uma nova reclassificação de todo o Estado está prevista para o dia 30 de novembro. No entanto, o governo estadual informou hoje que houve um aumento de 17% no número de internações em São Paulo.

Apesar disso, os dados estão estabilizados. Segundo o secretário Estadual de Saúde Jean Gorinchteyn, há uma instabilidade no sistema de informação dos números e, por isso, não se pode afirmar com certeza sobre o aumento. Assim que for normalizado o sistema, a pasta deve avaliar melhor a situação.

Em Campinas, a Prefeitura contabiliza 41.550 casos de infectados, sendo que 1.355 vieram a óbito.A Saúde municipal ainda investiga 611 casos e 14 mortes suspeitas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários