ACidade ON

Justia inocenta Jonas e Rafa em ao de nepotismo
Reprodução: ACidade ON
Justia inocenta Jonas e Rafa em ao de nepotismo


A Justiça inocentou o prefeito de Campinas Jonas Donizette (PSB), o atual deputado estadual, que concorreu às eleições deste ano, Rafa Zimbaldi (PL), o irmão de Jonas, Tadeu Marcos Ferreira e o sobrinho do prefeito, Michel Abraão Ferreira em ação de improbidade administrativa.  

A ação foi movida pelo Ministério Público e aceita pela Justiça em 2017. Segundo a denúncia, Jonas teria nomeado o sobrinho dele, Michel Abrão Ferreira, para o cargo de chefe de gabinete e ainda indicou o irmão, Tadeu Marcos Ferreira, para uma vaga de ouvidor na Câmara Municipal - neste caso, de acordo com a promotoria, houve nepotismo indireto. Segundo o MP, o então presidente da Câmara, Rafael Zimbaldi também réu na ação, foi quem conseguiu o cargo para o irmão de Jonas.  


Você viu?

De acordo com o juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública, Wagner Roby Gidaro, não houve provas do nepotismo. No caso de Tadeu, o juiz concluiu que não houve indicação direta do prefeito, e no caso de Michel não ficou provado que Rafa teria tido algum benefício para a nomeação.  

Na decisão, o magistrado ressaltou que Tadeu tinha formação para exercer a função de ouvidor do Legislativo.  

"Há quem possa dizer que o Ouvidor poderá de uma forma ou outra influenciar na Câmara Municipal por ser parente direto do prefeito, mas isso fica no campo das hipóteses e não houve demonstração de sua ocorrência", escreveu.  

Em relação a Michel, o juiz ressaltou que no entendimento a indicação implica na ocorrência de nepotismo porque beneficia parente direto com nomeação em cargo de confiança, sendo que Michel não tinha currículo que justificasse a nomeação. No entanto, o magistrado explicou que para o STF (Supremo Tribunal Federal), nomear parentes para cargos de natureza política não configura nepotismo.

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários