ACidade ON

Jonas entrega plano de contingncia da covid-19 a prefeito eleito
Reprodução: ACidade ON
Jonas entrega plano de contingncia da covid-19 a prefeito eleito


O prefeito de Campinas , Jonas Donizette (PSB) entregou nesta sexta-feira (11) o Plano Municipal de Contingência para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus ao novo prefeito eleito, Dário Saadi (Republicanos).  

O documento, formulado por 20 órgãos da Prefeitura, contém ao todo 85 páginas, e concentra a avaliação do cenário de risco da doença em Campinas, e também define as ações necessárias, assim como cronograma de prazos, responsáveis por cada área e recursos necessários no enfrentamento à covid-19 caso a pandemia registre uma piora no município.  


Segundo a Administração, o plano foi baseado nas informações disponíveis sobre o comportamento da pandemia na cidade, para reduzir a transmissão, os impactos econômicos e sociais. 

"A epidemia é muito dinâmica, cada dia é um dia, cada dia descobrimos um novo cenário. Então, esse plano, foi no sentido de deixar as coisas organizadas, fazer uma transição de governo numa pandemia não é tão fácil assim", afirmou o secretário de Saúde, Carmino de Souza que vai deixa o cargo a partir do próximo ano.  

Em seu lugar, o prefeito eleito anunciou o professor da Unicamp e médico pneumologista Lair Zambon.

Você viu?

RECOMENDAÇÕES

Segundo Cármino, entre as medidas já tomadas foi citada a prorrogação de todos os contratos de compra de leitos usados para a covid-19 e a contratação de possíveis novos leitos caso haja eventual demanda, citando as possíveis ampliações.  

"Nós temos na ampliação possíveis leitos dentro do Hospital Ouro Verde, podemos aumentar 10 leitos no Ouro Verde, podemos aumentar na Rede Mário Gatti. A ampliação é naquilo que for necessário. Podemos usar o Hospital Metropolitano que não tínhamos antes. A ideia é usar a estrutura que já existe, diferentemente do que fizemos. Pretendemos ampliar contratos com a Santa Casa, 10 leitos de UTI e 17 de retaguarda, na Casa de Saúde pelo menos mais oito leitos, PUC o que conseguirem, e isso vai ser atualizado semanalmente" afirmou.  

De acordo com o secretário, o plano não leva em conta uma "segunda onda" da pandemia, sendo que a Saúde acredita em uma "continuidade da primeira". 

"Não falamos aqui em segunda onda, não acreditamos em segunda onda. Falamos em intensificação da primeira onda, porque não saímos dela ainda", afirmou.  

Hoje, a Prefeitura divulgou o novo boletim, com três mortes e 209 novos casos. Com o total, a cidade conta com 45.989 casos confirmados, e 1.409 vítimas fatais. 

NOVO PREFEITO

Ainda entre as medidas que serão adotadas no próximo ano, Dário afirmou que criará um plano para cuidar das doenças causadas pela covid-19. 

"Têm muitas pessoas que desenvolvem problemas cardíacos, pulmonares, com sintomas inéditos e desconhecidos ainda, então durante a transição vamos discutir um programa pós covid. Vamos ter que lidar com esse problema" afirmou. 

Segundo Dario, o programa está sendo formatado e deve ser implantado dentro da transição de 100 dias, com previsão para começar no ano que vem.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários