ACidade ON

Vacinação contra Covid-19 começou em Campinas com cerimônia na Unicamp.
Fernanda Sunega/Prefeitura de Campinas
Vacinação contra Covid-19 começou em Campinas com cerimônia na Unicamp.




Campinas vai receber, a partir desta terça-feira (19), as primeiras 15 mil doses da Coronavac para vacinar profissionais da linha de frente da saúde municipal e privada.

O anúncio foi feito durante o início de vacinação contra a covid-19 em Campinas hoje, nos profissionais de saúde da linha de frente do HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp. Nesta segunda, a técnica de enfermagem do HC Liane Santana Mascarenhas Tinoco foi a primeira vacinada em Campinas.

O número não conta os profissionais do HC, que receberão as doses diretamente do governo estadual e também montou um plano de vacinação.

"As vacinas chegando, vamos distribuir para hospitais públicos e privados, além das unidades de saúde. Estão todos cadastrados já e receberão a vacina", afirmou o prefeito.

Campinas vai receber, pelo DRS (Departamento Regional de Saúde), e fazer a distribuição. os municípios menores retiram a vacina em Campinas.

"A grade do município de Campinas, como todas da RMC, já está pronta. Então ela sai hoje do nosso centro de distribuição e logística e amanhã os prefeitos receberão as vacinas para cada um dos seus profissionais de saúde que trabalham na linha de frente da covid para que possam vacinar", explicou Regiane de Paula, coordenadora geral do programa de vacinação do Estado. 

COMO VAI FUNCIONAR DEPOIS? 

De acordo com a prefeitura, para evitar aglomeração e tudo ser feito de forma organizada, haverá um sistema de agendamento de horários e locais.

Quando começar a fazer o agendamento, o morador de Campinas deverá informar em qual grupo está inserido. Depois coloca o nome completo e CPF. Caso seja profissional de saúde, deverá informar qual ramo trabalha.

Após isso, aparecerá o horário para agendamento e a pessoa escolhe o horário e local no qual quer ir realizar a aplicação da vacina.

"O cidadão poderá entrar no site da Prefeitura de Campinas. Caso não tenha internet, poderá ligar no 160 ou pode até ir no Centro de Saúde mais próximo", explicou a diretora do Devisa (Departamento de Vigilância de Saúde), Andrea Von Zuben. 

LOCAIS DE VACINAÇÃO 

As vacinas serão aplicadas em pelo menos cinco centros de vacinação, um por região da cidade, havendo possibilidade de ampliação. Dos locais, quatro já foram definidos: 

- Naed Noroeste 
- Avenida Ibirapuera, s/nº, Jardim Londres (região Noroeste); 
- Centro de Vivência do Idoso Lagoa do Taquaral - portão 5 (região Leste); 
- Círculo Militar- Avenida Getúlio Vargas, 200. Jardim Chapadão (região Norte); 
- CAIC Sudoeste Rua José Augusto de Mattos, s/nº, Vila União (região Sudoeste). 

O ponto de vacinação da região sul está sendo definido, mas a expectativa é que seja próximo ao Hospital Mário Gatti.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários