ACidade ON

Jogador de futebol natural de Hortolândia morre em queda de avião
Reprodução: ACidade ON
Jogador de futebol natural de Hortolândia morre em queda de avião

Lucas Praxedes , jogador do Palmas , time da série D do Campeonato Brasileiro , morreu na manhã deste domingo (24) após o avião em que ele estava cair na cidade de Luzimangues, Tocantins. Ele era natural de Hortolândia .

O rapaz de 23 anos estava em um bimotor modelo Baron com integrantes da equipe do Palmas Futebol e Regatas. Eles seguiam para Goiânia, onde encarariam o Vila Nova, pela Copa Verde, nesta segunda-feira (25).

De acordo com a assessoria do Palmas, estavam na aeronave Lucas Praxedes, Guilherme Noé, de 28 anos, Ranule Gomes, de 27 anos, e Marcus Molinari, de 23 anos, o presidente do clube, Lucas Meira, de 32 anos, e o piloto da aeronave, Wagner Machado. Ninguém sobreviveu a queda.

"Quando chegamos, observamos que a aeronave ainda estava em chamas, mas com fogo baixo. Duas explosões foram notadas, o que pode ter sido os tanques nas asas", afirmou a tenente-coronel Andreya de Fátima Bueno, comandante do 1º Batalhão de Bombeiros Militar, em entrevista ao site da corporação.


LUCAS

O rapaz era natural de Hortolândia e foi descoberto pelo time sub-17 da Inter de Limeira. Depois passou pelo Capivariano, onde ele foi vice-campeão do Paulista sub-20, em 2016.

No Instagram, o Capivariano  postou condolências sobre o falecimento . "Com extrema tristeza, o Capivariano Futebol Clube lamenta o falecimento do atleta Lucas Praxedes de 23 anos, na manhã deste domingo em acidente aéreo".

Lucas foi recentemente transferido para o Palmas e estava a caminho de Goiânia, onde a equipe do Tocantins enfrentaria o Vila Nova pela Copa Verde, nesta segunda.

O Palmas também afirmou que os atletas estavam no avião porque testaram positivo para a Covid-19, antes da partida entre Palmas e Real Noroeste, também pela Copa Verde, que aconteceu na última quarta (20).

Por estarem contaminados, viajavam para Goiânia separados do restante da equipe, que iria para a capital de Goiás na noite deste domingo. Eles ainda não haviam estreado pelo clube tocantinense.

"Os atletas finalizariam o cumprimento do isolamento neste domingo. Com isso, a diretoria decidiu levá-los no voo particular que já seria utilizado pelo presidente, para que terminassem de cumprir o isolamento em Goiânia e assim estar à disposição da comissão técnica para o jogo diante do Vila Nova", afirmou o clube. 

Você viu?

JOGO ADIADO

Adversário no confronto, o Vila Nova expressou em nota "consternação e profunda tristeza" pelo ocorrido. A partida foi suspensa pela CBF.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários