ACidade ON

Isolamento social em Campinas é o pior em 42 dias
Reprodução: ACidade ON
Isolamento social em Campinas é o pior em 42 dias


Na primeira semana na fase laranja, Campinas teve o pior índice de isolamento social em 42 dias. De segunda a sexta-feira (29), último dia analisado, a taxa ficou em 35% na metrópole. O índice mais baixo havia sido registrado em 18 de dezembro, com 34%. 

As informações foram obtidas pelo Simi-SP (Sistema de Monitoramento Inteligente do Governo de São Paulo), que analisa os dados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento e apontar a eficácia das medidas de isolamento social. 

Quando comparada com o Estado, Campinas também está abaixo. A média de todas as cidades de São Paulo ficou em 40% nesta primeira semana de mudanças de fase, o índice ainda é considerado abaixo do ideal. A meta é de 70%, de acordo com Centro de Contingência do Coronavírus de São Paulo.

Até este sábado a cidade soma 60.775 casos de coronavírus e 1.638 moradores morreram em decorrência da doença desde março do ano passado. Segundo o boletim de ontem (29), a ocupação de leitos na cidade tem o índice de 82,43%.

FASE LARANJA

Você viu?

Campinas iniciou na segunda-feira (25) um período híbrido da quarentena de combate ao coronavírus . Durante o dia, a cidade seguirá as regras da fase laranja, mas durante a noite e aos fins de semana, assim como todas as cidades do Estado, entra na fase vermelha, a mais restritiva do Plano São Paulo de quarentena de combate a covid-19.  O primeiro dia inteiro na fase vermelha passou a valer hoje.

O anúncio da regressão foi feita no dia 22 deste mês pelo governador João Doria (PSDB). Com a determinação do governo do Estado, durante o dia cada região de São Paulo segue sua própria classificação (Campinas segue a laranja, por exemplo), mas, a noite, todas as cidades paulistas entram na fase vermelha, a partir das 20h durante a semana. 


"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários