ACidade ON

Campinas recebeu novo carregamento de vacina.
Adriano Rosa/Prefeitura de Campinas
Campinas recebeu novo carregamento de vacina.

Campinas recebeu nesta semana um novo carregamento com mais doses da vacina contra a Covid-19 . A última entrega aconteceu na terça-feira (9), mas a informação foi confirmada apenas hoje (11) pela Prefeitura de Campinas. 

Com o recebimento, a cidade conta agora com 89.275 doses de vacina, entre a Coronavac, vacina do Instituto Butantan, e a vacina de Oxford, da Fiocruz. Até o balanço de ontem (10), a cidade já havia vacinado 42.874 pessoas. 

Segundo a Secretaria de Saúde, essas novas doses serão usadas na aplicação das segundas doses em profissionais de saúde - que começou ontem - e na primeira dose para a faixa etária maior de 85 anos de idade, que teve a vacinação iniciada hoje. 

O novo carregamento beneficiou ainda o DRS 7 (Departamento Regional de Saúde) de Campinas. A unidade, localizada na região Central, faz a distribuição de doses para as cidades da região com menos de 30 mil habitantes. Cidades como Holambra e Serra Negra já fizeram a retirada. 

Segundo a Prefeitura, as doses estão sendo recebidas em grades semanais desde o dia 20 de janeiro. Pelo divulgado até agora, a cidade já teve outras três entregas, sendo duas da Coronavac, e uma da vacina de Oxford. O carregamento de agora também é da vacina do Butantan. 

Você viu?

Procurada para informar o total de doses já enviadas à região e o total do último carregamento, a secretaria estadual de Saúde ainda não se pronunciou. 

COMO ESTÁ A VACINAÇÃO HOJE EM CAMPINAS

Em Campinas, desde hoje (11) a prioridade da vacinação é para o grupo de idosos. Segundo a Prefeitura, a vacinação agora é focada na terceira idade, considerando que 81% dos óbitos no município, até o momento, ocorreram neste grupo. Podem se vacinar agora idosos acima de 85 anos, que devem fazer o agendamento pelo site.


HISTÓRICO

1º GRUPO: A primeira etapa da vacinação começou a ser feita em profissionais de saúde que trabalham diretamente no atendimento de casos de covid-19 e idosos institucionalizados (aqueles que moram em lares de longa permanência). Para profissionais de saúde, a vacinação pelo município começou na quarta-feira 20 de janeiro. Já para idosos em asilos, a imunização começou a ser feita no dia 27. Para esses dois grupos não é necessário fazer agendamento, visto que as vacinas são entregues diretamente nesses locais.

2º GRUPO : O segundo grupo que começou a ser vacinado em Campinas foi o de profissionais de saúde em geral. A vacinação para estes começou na quinta-feira (28) e apenas seis categorias profissionais foram contempladas, entre elas estão médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, cirurgiões dentistas, fisioterapeutas, técnicos em laboratórios de análises clínicas e motoristas de ambulância. A prefeitura, no entanto, encerrou a aplicação de doses a esses grupos no dia 11 de fevereiro.

3º GRUPO: A terceira etapa de vacinação começou no dia 4 de fevereiro, com a aplicação de doses em idosos acima de 90 anos além de funcionários do sistema funerário que tenham contato com cadáveres, assistentes sociais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, fonoaudiólogos, nutricionistas, veterinários, psicólogos, profissionais de educação física, terapeutas ocupacionais, técnicos e auxiliares de saúde bucal,e auxiliares em laboratórios de análises clínicas. Nestes grupos a vacinação também era feita através de agendamento. No caso dos profissionais, a prefeitura também encerrou a aplicação de doses a esses grupos no dia 11 de fevereiro. 

4º GRUPO: Idosos com idade superior a 85 anos de idade: agendamento iniciado em 10 de fevereiro e vacinação começa no dia 11.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários