ACidade ON

Emdec implantará novas placas para sinalizar mudança de velocidade
Reprodução: ACidade ON
Emdec implantará novas placas para sinalizar mudança de velocidade

A Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas) vai começar a mudar a sinalização de trânsito nas principais vias que têm trechos com velocidade variada e possuem radares. O trabalho será realizado em etapas e começará nesta quarta-feira (24) com implantações semanais.

Serão contemplados seis eixos viários, na primeira fase. A escolha dessas vias também considerou o fluxo de veículos diário. A primeira via a receber a nova sinalização será a Avenida Lix da Cunha (sentido bairro Centro), na manhã de hoje. A mudança será após o horário de pico, para minimizar impactos ao trânsito.

Pela Avenida Lix da Cunha circulam, em média, 46.1 mil veículos diariamente. De acordo com a Emdec, em 2020, essa via registrou cerca de 30 autuações por dia, em toda a sua extensão.

A previsão inicial é que a implantação do projeto ocorra em um ponto por semana. O objetivo é ampliar a segurança viária e estimular o cumprimento da velocidade regulamentada em cada trecho.

A PLACA

Um novo modelo de placa composta foi desenvolvido pela Emdec, destacando a mudança da velocidade regulamentada e a informação educativa. A comunicação aos motoristas ficará ainda mais evidente, indicando a variação da velocidade no trecho, com mensagens como: "A partir desse ponto, 50 km/h". 

Você viu?

Novo modelo de placa de sinalização viária (Foto: Divulgação/Emdec)

OS PONTOS

24/fev | Avenida Lix da Cunha (sentido bairro Centro):
- Nova placa indicará a redução da velocidade máxima em trecho já há a redução, de 70 para 60 km/h.
- A via conta com viadutos, o que aumenta o risco de conflitos no trânsito. A nova sinalização alertará motoristas do tráfego comum e de ônibus, já que a via conta com faixa exclusiva do sistema intermunicipal.

3/mar | Túnel Joá Penteado / Avenida Ruy de Almeida Barbosa (sentido bairro Centro):
- Por se tratar de um trecho em curva, a sinalização na entrada do túnel será reforçada, com placa indicando a velocidade de 40 km/h, no sentido Centro bairro. Já no sentido contrário, bairro-Centro, será instalada a placa de reforço, de 60 km/h para 50 km/h
- O alerta aos motoristas visa ampliar a segurança viária, por conta da transição de luminosidade que ocorre na entrada e saída do túnel, em curto espaço de tempo.
- VDM: Joá Penteado e Av. Ruy Almeida Barbosa 20,4 mil veículos/dia.

10/mar | Avenida Luís Smanio / Avenida Theodureto de Almeida Camargo (sentido Taquaral):
- Nova placa alertará onde já existe a redução de 60 para 50 km/h.
- A Avenida Theodureto de Almeida Camargo conta com uma ciclovia. O alerta visa ampliar a segurança na convivência entre o tráfego comum e os ciclistas.
- VDM: Av. Luís Smanio 18,7 mil veículos/dia | Av. Theodureto de Almeida Camargo 21,6 mil veículos/dia.

17/mar | Avenida Comendador Aladino Selmi CDHU (ambos os sentidos):
- Nova placa indicará a velocidade de 60 km/h para 50 km/h, onde já existe a redução.
- O alerta considera a existência de cruzamentos semaforizados, travessias de pedestres e pontos de ônibus do sistema de transporte público. A região apresenta alta circulação de pessoas e de usuários do transporte.
- VDM: 28,3 mil veículos/dia

24/mar | Rodovia Heitor Penteado / Avenida Dr. Antônio Carlos Couto de Barros (sentido Sousas):
- Nova placa será instalada na altura do Clube de Cultura Artística, reforçando o ponto em que a velocidade máxima cai de 70 para 60 km/h.
- O objetivo é destacar a transição do eixo rodoviário para o eixo urbano. Além disso, ampliará a segurança para os frequentadores do clube.
- VDM: Rod. Heitor Penteado 23,5 mil veículos/dia | Av. Dr. Antônio Carlos Couto de Barros 14,6 mil veículos/dia.

31/mar | Avenida Antônio Carlos Salles Júnior / Avenida Princesa DOeste (ambos os sentidos):
- Nova placa será instalada na altura do Centro Cultural Louis Braille, indicando o ponto da redução da velocidade máxima permitida de 60 para 50 km/h, já existente.
- O alerta aos motoristas leva em conta a presença de cruzamento semaforizado e a circulação de pessoas com deficiência visual.
- VDM: Av. Antônio Carlos Salles Júnior 17,5 mil veículos/dia | Av. Princesa DOeste 55,4 mil veículos/dia.

Os Volumes Veiculares Diários consideram a média de dias úteis de períodos típicos (sem flutuações) relativos aos meses de setembro, outubro e novembro de 2019.

SEGUNDA ETAPA


Outros três eixos viários serão contemplados com a nova sinalização, numa segunda etapa do projeto, a partir de abril. São pontos que contam com ciclovias ou ciclofaixas, ou seja, onde existe a convivência entre o tráfego comum e ciclistas: Avenida Cônego Antônio Roccato / Avenida Sylvia da Silva Braga; Avenida Washington Luiz; e Avenida Magalhães Teixeira / Avenida Celso Silveira Resende.

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários