Restrição de circulação causa confusão entre motorista de aplicativo e guardas municipais
Reprodução: ACidade ON
Restrição de circulação causa confusão entre motorista de aplicativo e guardas municipais

A restrição de circulação de pessoas entre 23h e 5h passou a valer ontem (26) em todas as cidades paulistas e já teve registro de desentendimentos na região. Um motorista de aplicativo de Campinas foi barrado e multado tentando deixar um passageiro em Valinhos após o horário permitido. 

Segundo o motorista, uma barreira na entrada da cidade proibiu o acesso. O bloqueio gerou uma discussão com os guardas municipais, que chegaram a multar o motorista declarando descumprimento da medida estadual. Indignado, o motorista gravou o vídeo citando "arbitrariedade" da equipe. 

Ainda segundo o motorista, os guardas municipais informara que caso ele deixasse o passageiro no destino, seria multado novamente na volta. Dessa forma, não foi possível concluir a viagem. 

Após a denuncia do motorista, a Prefeitura de Valinhos se manifestou, afirmando que a autuação foi desnecessária e foi cancelada e que os guardas foram orientados sobre como agir em situações similares. A prefeitura destacou ainda que, neste primeiro momento, é natural que hajam acertos. 

"A ação de restrição é muito importante pela questão da saúde e estes ajustes serão feitos, porém a ação é importante para que a cidade possa reduzir esta pressão sobre o sistema hospitalar", disse em nota.  

Você viu?

AS REGRAS

Durante o anúncio da restrição, o governo estadual chegou a citar que o direito de ir e vir é constitucional, e não haveria penalização para quem estivesse trabalhando. A SSP (Secretaria de Segurança Pública) informou que não irá ocorrer penalização de pessoas físicas e na prática, o foco da fiscalização seria para coibir eventos, festas e impedir aglomerações em locais públicos. 

Entenda as regras da restrição de circulação noturna no Estado aqui.

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários