ACidade ON

Atirador de briga por lixeira é transferido de hospital em Artur Nogueira
Reprodução: ACidade ON
Atirador de briga por lixeira é transferido de hospital em Artur Nogueira

O homem acusado de atirar e matar dois homens ontem (28) após uma discussão por causa de uma lixeira foi transferido para o HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp, em Campinas. Ele segue internado com escolta policial.  

A briga aconteceu durante a manhã em um bairro rural de Artur Nogueira. Segundo testemunhas, a discussão teria começado pelo posicionamento de uma lixeira de rua. 

De acordo com a Guarda Civil Municipal, o atirador recebeu voz de prisão assim que deu entrada no hospital, já que ele não estava no local do crime quando os agentes chegaram. O mesmo será transferido para uma unidade prisional assim que receber alta médica. 

Dois homens acabaram morrendo na briga. O atirador também foi atingido com ferimentos de facão e uma mulher de 25 anos também ficou ferida. Ambos seguem internados, sendo que a mulher está alocada em uma sala de emergência do hospital Bom Samaritano, em Artur Nogueira, e aguarda transferência para um hospital de média complexidade. Ainda não há atualização do estado de saúde do atirador.   


Você viu?

O CASO 

A briga teve início quando o atirador viu que a lixeira ficou próxima da frente de outro terreno localizado na Venda Velha, na Rodovia dos Agricultores. O homem teria passado pelo local e não aprovou a mudança. Ele acabou indo discutir a mudança de posição da lixeira e levou junto um funcionário. 

Ao chegar ao local, acompanhado do funcionário, ele encontrou um grupo de serralheiros prestando serviço no local. Segundo a polícia, o grupo teria mudado a lixeira de posição para facilitar o descarte de entulho. Foi neste momento que começou uma discussão, seguida de briga.

Após ameaças do vizinho e também de um dos serralheiros com facões, o homem foi até a caminhonete e sacou uma arma. Porém, segundo a polícia, ele fez disparos acidentais que acertaram o próprio funcionário e um serralheiro. Os dois morreram no local. A nora do serralheiro também ficou ferida. 


O acusado também foi para o hospital com ferimentos de facão. A Polícia Civil foi acionada, assim como a perícia. O caso é investigado pela delegacia de Artur Nogueira. 

O corpo das duas vítimas foram encaminhados para o IML (Instituto Médico Legal) de Americana e aguardam liberação para o velório.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários