ACidade ON

Atirador de briga por lixeira tem alta e é levado preso
Reprodução: ACidade ON
Atirador de briga por lixeira tem alta e é levado preso


Teve alta na noite de ontem (1º) o homem acusado de matar dois homens e ferir uma mulher durante uma briga por causa de uma lixeira em Artur Nogueira . A confusão aconteceu no último domingo (28) e até então o atirador permanecia internado no HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp. 

O homem teve alta durante a noite e foi escoltado pela Guarda Municipal até a carceragem da delegacia de Artur Nogueira. A previsão é que ele seja ouvido pela polícia durante a manhã de hoje. Apesar do depoimento, a audiência de custódia realizada ontem por videoconferência já decidiu que ele continue preso.

O filho dele, que é advogado, acompanhou a transferência e levou remédios para a delegacia. Segundo o advogado, o acusado agiu em legitima defesa, sendo que tinha sofrido socos e golpes de facão antes de disparar contra as vítimas. Ainda segundo a defesa, a arma usada no crime foi comprada após assaltos na casa da família. 

O CASO 

A briga teve início quando o atirador viu que a lixeira ficou próximo da frente de outro terreno localizado na Venda Velha, na Rodovia dos Agricultores. O homem teria passado pelo local e não aprovou a mudança. Ele acabou indo discutir a mudança de posição da lixeira e levou junto um funcionário. 

Você viu?

Ao chegar ao local, acompanhado do funcionário, ele encontrou um grupo de serralheiros prestando serviço no local. Segundo a polícia, o grupo teria mudado a lixeira de posição para facilitar o descarte de entulho. Foi neste momento que começou uma discussão, seguida de briga.

Após ameaças do vizinho e também de um dos serralheiros com facões, o homem foi até a caminhonete e sacou uma arma. Porém, segunda a polícia na briga ele fez acidentalmente disparos que acertaram o próprio funcionário e um serralheiro. Os dois morreram no local. A nora do serralheiro também ficou ferida. 

O acusado também foi para o hospital com ferimentos de facão. A Polícia Civil foi acionada, assim como a perícia. O caso é investigado pela delegacia de Artur Nogueira. 

O corpo das duas vítimas foram encaminhados para o IML (Instituto Médico Legal) de Americana e aguardam liberação para o velório.


"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários