Idosos têm a opção de receber a vacina dentro do carro.
Fernanda Sunega/Prefeitura de Campinas
Idosos têm a opção de receber a vacina dentro do carro.

A cidade de Campinas ultrapassou nesta sexta-feira (5) a marca de 100 mil doses de vacina contra a covid-19 aplicadas em profissionais de saúde, funcionários de asilos e pessoas idosas. Segundo a Prefeitura, foram aplicadas 100.457 doses, incluindo o reforço da vacinação (2ª dose).

Desde o início da campanha realizada pela Prefeitura, no dia 21 de janeiro, foram imunizadas com a primeira dose 69.479 pessoas. Outras 30.978 já tomaram a segunda dose também,  iniciada no dia 10 de fevereiro.  A primeira a receber a dose da Coronavac pela Administração foi a médica da linha de frente de enfrentamento ao vírus do Hospital Dr. Mário Gatti, Maelly Romy Ikuno, de 34 anos.

Já a primeira pessoa a receber a dose de vacina em Campinas foi a técnica de enfermagem da enfermaria do HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp Liane Santana Mascarenhas Tinoco, de 48 anos. A vacinação em Campinas é feita tanto pela Prefeitura como pela rede estadual, na Unicamp.

Você viu?

IDOSOS

A vacinação no público idoso começou a ser feita no dia 27 de janeiro, com moradores de asilos da cidade. Cerca de 6 mil pessoas foram vacinadas nas 130 casas de repouso de Campinas e o número incluiu moradores e funcionários dos locais.

No dia 4 de fevereiro, foi a vez de pessoas com mais de 90 anos e outras 13 categorias de profissionais que atuam em serviços de saúde começaram a receber a vacina. Segundo a Prefeitura, a cidade conta com cerca de 3,3 mil idosos nesta faixa etária, mas parte já havia sido vacinado nas ILPIs (Instituições de Longa Permanência de Idosos).

No dia 11 de fevereiro, começou a vacinação para pessoas com idade entre 85 e 89 anos, cuja faixa etária tem cerca de 6 mil pessoas em Campinas. Nesta semana, no dia 1º de março, foi iniciada a imunização de pessoas na faixa etária de 80 e 84 anos. Esse último público tem cerca de 13 mil pessoas. Dois dias depois, também foi aberta a vacinação para idosos entre 77 e 79 anos (leia mais abaixo).

RANKING

No ranking do governo do Estado, Campinas está entre as cidades que mais vacinaram. Ela aparece em segundo lugar, atrás apenas da capital, São Paulo.

A cidade conta, atualmente, com quatro centros de imunização (CVI do Taquaral, Caic da Vila União, Casa da Criança Paralítica e Clube Circulo Militar) e o quinto será aberto neste sábado, dia 6, na região Noroeste, no antigo prédio da Naed. (confira abaixo os endereços).

AGENDAMENTO

Ontem, a cidade recebeu cerca de 9 mil doses de vacina e reabriu o agendamento para idosos a partir de 77 anos. Esse agendamento é obrigatório e deve ser feito prioritariamente pelo site www.vacina.campinas.sp.gov.br ou pelo telefone 160.



No site também é possível esclarecer dúvidas sobre vacinas, ver o número de vacinados e o estágio da campanha na cidade e ter informações sobre os cuidados durante a pandemia.

LOCAIS DE VACINAÇÃO

- Centro de Vivência do Idoso
Endereço: Avenida Dr. Heitor Penteado, s/n - Portão 5 da Lagoa do Taquaral

- Emef Caic Zeferino Vaz
Endereço: Rua José Augusto de Mattos, s/n - Parque Residencial Vila União

- Casa da Criança Paralítica
Endereço: Rua Pedro Domingos Vitali, 160 - Parque Itália

- Clube Círculo Militar
Endereço: Avenida Getúlio Vargas, 200 - Jardim Chapadão

- Centro de Imunização Noroeste (antigo prédio da NAED Noroeste)
Endereço: Rua Augusta Parreira Belintani, s/nº - Vila Castelo Branco (funcionará a partir do próximo sábado, dia 6).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários