Brasil tem crescimento de 40% de pessoas fazendo compras on-line
Reprodução: ACidade ON
Brasil tem crescimento de 40% de pessoas fazendo compras on-line

Uma pesquisa de mercado mostrou que o Brasil teve um crescimento de 40% de pessoas fazendo mais compras on-line do que faziam antes da pandemia. Neste dia 15 de março, Dia do Consumidor, a tendência é que 35% dos consumidores tenham resolvido diminuir a ida a lojas físicas.

Para especialistas, as redes de lojas físicas têm que ser vistas, a partir de agora mais ainda, como local de experiência imersiva, onde você vai ter experiência dentro da perspectiva da marca. Isso traz novas possibilidades de negócios.

"Isso resulta em uma perspectiva de consumo totalmente repensado, haverá um corte bastante significativo, em decorrência da insegurança financeira, e uma busca maior por produtos mais baratos, e uma substituição de marcas. Cerca de 50% dos consumidores mais jovens estão pensando nisso", afirmou Eliane El Badouy, especialista em comportamento do consumidor da Unità Faculdade.

As pesquisas também mostraram que 2/3 dos consumidores acreditam ser importante levar em consideração impactos que marcas e produtos que vão trazer em relação a mudanças climáticas, aos impactos no meio ambiente.

"E isso também traz possibilidade de novos modelos de negócio e de consumo, como o consumo por assinatura, o que você paga pelo uso, escambo, troca. Há uma busca maior por novos tipos de loja, marcas que tenham compromisso com aspectos sociais, principalmente", disse.  

FATURAMENTO

Segundo os dados fornecidos pela Boa Vista, a Acic (Associação Comercial e Industrial de Campinas) afirma que o faturamento do comércio em Campinas apresentou uma redução de 3,9% em janeiro de 2021, comparado com janeiro de 2020.

Nas vendas físicas, em janeiro de 2021 o faturamento foi de R$ 1,041 bilhão, contra 1,083 bi em janeiro de 2020- mostrando uma perda de R$ 42,3 milhões entre os períodos.

"Há uma coalizão de marcas para consumo seguro, que devem concentrar suas mensagens em soluções para a vida das pessoas, como seus produtos ajudam a tornar o lugar melhor", disse a especialista.

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários