ON EXPLICA: mensagem com regras de lockdown em Campinas é fake news
Reprodução: ACidade ON
ON EXPLICA: mensagem com regras de lockdown em Campinas é fake news

Uma mensagem que está circulando no WhatsApp nesta quarta-feira (17) com as regras de um suposto lockdown a partir de sexta-feira (19) em Campinas é falsa. As medidas da restrição mais severa da quarentena de covid-19 ainda não foram definidas pela Prefeitura de Campinas, que informou que estuda a medida por enquanto.

O conteúdo também distorce as atuais medidas de restrição anunciadas pela Prefeitura de Campinas (confira lista abaixo) e que começam amanhã (18). A mensagem, inclusive, traz um link de uma matéria do ACidade ON Campinas que não tem ligação com as informações elencadas no texto da mensagem.

Sobre o lockdown, a Administração informou também que uma nova reunião está marcada para sexta-feira de manhã para debater o assunto e que propôs um fechamento regional, como forma de garantir a efetividade da restrição. Não há, ainda, unanimidade entre os prefeitos da região sobre o lockdown nem aprovação da proposta.

ENTENDA


Atualmente, Campinas está na fase emergencial do Plano São Paulo. A fase mais restritiva e até então inédita começou na segunda-feira (15). Ontem, o prefeito Dário Saadi (Republicanos) anunciou também um toque de recolher, das 20h às 5h, válido a partir de quinta-feira (18). O decreto vale até o dia 30 de abril.

No toque de recolher, a Polícia Militar e Guarda Municipal poderão abordar a população na rua durante o período noturno e as pessoas deverão explicar o motivo de estarem fora de casa. A princípio, a orientação será educativa. Além dessa abordagem, o decreto afetará também supermercados, lojas de conveniência e padarias de Campinas.

Esses comércios essenciais, que até então podiam funcionar livremente, terão que fechar as portas a partir das 20h. O sistema de drive-thru também deve ser encerrado nesse mesmo horário, mesmo pelo setor de alimentação. Segundo a Prefeitura, essa medida é a última a ser tomada pela Prefeitura antes de ter que decretar um lockdown na cidade.

O LOCKDOWN

Nesta semana, o prefeito de Campinas propôs um lockdown regional, envolvendo as 20 cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas). Parte dos prefeitos concordaram com a ação, mas houve consenso em esperar alguns dias para verificar os índices da pandemia de covid-19 durante a fase emergencial.

Para isso, foi marcada uma reunião na sexta onde a decisão pode ser tomada. A Prefeitura de Campinas disse ainda que uma reunião extraordinária pode ser chamada antes disso caso seja necessário.

REGRAS VÁLIDAS A PARTIR DE AMANHÃ, DIA 18

- Supermercados, padarias e lojas de conveniência: fecham às 20h;

- Drive-thru: serviço é suspenso às 20h para todas as atividades;

- Abordagem de pessoas após às 20h: fiscalização feita pela Polícia Militar e Guarda Municipal. Será necessário explicar motivo de estar na rua e ação, a princípio, será educativa;

- Os estabelecimentos que descumprirem as medidas adotadas pelo município serão penalizados com multa de 800 UFICs, ou R$ 3.030,88 (o dobro do valor cobrado hoje, que é de 400 UFICS, R$ 1.515,44). O estabelecimento será lacrado e o responsável será levado à delegacia por descumprimento ao artigo 268 do Código Penal;

- Com relação às festas clandestinas, a multa será de R$ 6.061,76 (1.600 UFICs). O organizador do evento, o locador e o proprietário do imóvel, além da multa, também serão levados à delegacia em desrespeito ao artigo 268 do Código Penal;

- As penalidades valem, também, para festas familiares com mais de dez pessoas. Neste caso, a multa será de 800 UFICs (R$ 3.030,88) e o proprietário também será levado à delegacia por descumprimento ao artigo 268 do Código Penal;

- Uso de câmeras do sistema de monitoramento e leitores de placas de veículos para realizar bloqueios da PM e GM;

O QUE PODE FUNCIONAR

- Delivery: podem funcionar sem limite de horário;
- Farmácias: sem restrições de horário;
- Táxis e motoristas de aplicativo: podem trabalhar mantendo medidas de segurança;

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários