Campinas abriu 14 CSs para atendimento covid-19 neste fim de semana.
Reprodução
Campinas abriu 14 CSs para atendimento covid-19 neste fim de semana.

Cerca de dois mil pacientes com sintomas respiratórios ou gripais foram atendidos nos 14 CSs (Centros de Saúde) neste final de semana em Campinas . As unidades permaneceram abertas no sábado e no domingo, por causa da alta demanda e lotação dos hospitais municipais. 

Segundo o balanço da Secretaria de Saúde, cerca de 1,2 mil pacientes foram atendidos no sábado (20), e outros 815 no domingo (21). O fluxo foi considerado acima do esperado. Em algumas unidades, que eram pra funcionar até às 17h, o atendimento foi estendido até às 19h. 

No sábado, a diretora municipal de Saúde, Deise Fregni Hadich, disse que a procura nos Centros de Saúde ficou acima da expectativa. "Tivemos uma quantidade muito significativa de atendimentos para um sábado" disse ela, que afirmou que todos que procuraram atendimento foram atendidos. 

A abertura dos Centros de Saúde, que normalmente fecham no fim de semana, foi implantada para tentar direcionar os pacientes com sintomas leves, desafogando os hospitais, que enfrentam superlotação atualmente. 

Você viu?

Nos hospitais, segundo a Prefeitura, estão sendo atendidos pacientes transferidos .Na semana passada, por causa da sobrecarga o Hospital Ouro Verde passou a ser exclusivo para casos de Covid-19.

No sábado, o prefeito de Campinas, Dário Saadi (Republicanos), destacou que o movimento no pronto-socorro do Hospital Mário Gatti diminuiu com a abertura dos CSs, mas a cidade permanecia com 160 pacientes à espera de leitos de UTI ou de enfermaria.

"O movimento na porta de entrada do Pronto-Socorro está mais tranquilo, porém, o número de casos graves aumentou e Campinas continua com cerca de 160 pessoas à espera de um leito de UTI ou de enfermaria", disse em vídeo.

Até o último balanço divulgado na sexta-feira (19), Campinas permanecia com todos os leitos municipais ocupados .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários