Pandemia: MPT de Campinas coletará alimentos para doação
Reprodução: ACidade ON
Pandemia: MPT de Campinas coletará alimentos para doação

Com o acirramento da pandemia e o fechamento de boa parte dos serviços por conta da quarentena , o MPT (Ministério Público do Trabalho) de Campinas  voltará a coletar alimentos para ajudar a aplacar a fome de f amílias carentes . A partir desta segunda-feira (29), o prédio do Ministério receberá alimentos não-perecíveis para doação (veja como ajudar abaixo).

De acordo com a Procuradoria, o ponto será ligado ao Banco Municipal de Alimentos, programa de segurança alimentar da Secretaria de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos. A iniciativa ocorre devido o aumento de pessoas cadastradas no aplicativo do Banco de Alimentos - cerca de 56%.

COMO AJUDAR

Quem quiser ajudar pode levar suas doações à sede do MPT Campinas, na Rua Pedro Anderson, 91, bairro Taquaral, em Campinas, de segunda a sexta, das 9h às 17h. O MPT pede que a doação seja trazida por pessoas que não integram o grupo de risco de contágio da covid-19.

Você viu?

Os beneficiários dos alimentos serão indicados pelas entidades socioassistenciais e demais serviços públicos que atendem à população que vive em situação de vulnerabilidade social e risco nutricional, devidamente cadastrados no aplicativo do Banco de Alimentos. Além do MPT, a cidade conta com outros 17 pontos de coleta.

Os alimentos a serem doados devem ser preferencialmente: arroz, feijão, farinha de trigo, açúcar, sal, macarrão, óleo, molho de tomate, café, leite e achocolatado. Também serão aceitas doações de produtos de higiene básica, tais como: sabonete, pasta de dente, sabão e detergente. É preciso que os produtos estejam dentro do prazo de validade.


AUMENTO DA FOME

Segundo o Banco de Alimentos, o número de pessoas cadastradas no aplicativo, as quais se tornam beneficiárias dos alimentos e itens de higiene após análise de situação socioeconômica, passou de 16 mil para 25 mil, deste ano em relação ao ano passado, um crescimento de 56%.

Por causa disso, no último dia 22 de março a Prefeitura Municipal de Campinas lançou a campanha "Campinas sem Fome", para incentivar a arrecadação de alimentos não perecíveis e itens de higiene, preferencialmente cestas básicas. Os interessados podem acessar todas as informações no endereço  smpdccampinas.wixsite.com/campinassemfome.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários