UTI-Covid: taxa de ocupação se mantém estável em Campinas
Reprodução: ACidade ON
UTI-Covid: taxa de ocupação se mantém estável em Campinas

A taxa de ocupação de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública e particular de saúde de Campinas se manteve estável nesta quinta-feira (1º).

De acordo com a Secretaria de Saúde, a cidade conta, hoje, com 438 leitos de UTI-Covid. Deste total, 417 estão ocupados, o que corresponde a 95,21%. Há 21 leitos livres nas redes pública e particular. Ontem a taxa era de 95,27%.

A Pasta também informou que há 174 pacientes suspeitos ou confirmados com covid-19 estão na fila de espera por leitos de enfermaria ou UTI-Covid.

Deste total, segundo a Pasta, 94 pacientes aguardam na lista de espera por uma vaga na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Outras 80 pessoas precisam de uma vaga em leitos de enfermaria.

Os leitos estão disponibilizados da seguinte maneira:

SUS Municipal: 156 leitos, dos quais 156 estão ocupados, o que equivale a 100%. Não há leito livre.

SUS Estadual: 40 leitos, dos quais 39 estão ocupados, o que corresponde a 97,50%. Há um leito disponível.

Particular: 242 leitos, dos quais 222 estão ocupados, o que equivale a 91,74%. Há 20 leitos vagos.

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários