Após morte de Perugini, Hortolândia formaliza hoje sucessão de Zezé Gomes
Reprodução: ACidade ON
Após morte de Perugini, Hortolândia formaliza hoje sucessão de Zezé Gomes

Os vereadores de Hortolândia votam na tarde desta segunda-feira (5) o decreto legislativo que formaliza a sucessão na Prefeitura após a morte do prefeito, Angelo Perugini (PSD), por complicações da covid-19 . Após dois meses internado, Perugini morreu na última quinta-feira (1º), com 65 anos. 

O cargo de líder do Executivo será ocupado pelo vice, José Nazareno Gomes, conhecido como Zezé Gomes (PL). Zezé já estava à frente do Executivo desde fevereiro, após o afastamento de Perugini. 

O decreto será votado e em seguida lido em reunião extraordinária a partir das 15h, sem a presença do público. Segundo a Câmara, como Zezé foi empossado vice no início do ano, não será preciso uma nova cerimônia. 

FAKE NEWS

Durante a internação de Perugini, boatos especulavam sobre a possibilidade de novas eleições na cidade em caso de óbito do prefeito. 

Você viu?

Em entrevista ao ACidade ON , o professor de direito na Unimetrocamp e presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB Campinas, Valdemir Moreira dos Reis Junior, explicou que não haveria possibilidade de novas eleições na cidade como chegou a ser ventilado nas últimas horas após a morte do prefeito em grupos de WhatsApp.

"Só haveria novas eleições se houvesse vacância no cargo por não haver mais prefeito e o vice. O que não é o caso de Hortolândia", disse.

Ainda de acordo com Reis Junior, outra possibilidade de novas eleições seria caso houvesse ocorrido também um problema com a chapa que disputou as eleições municipais no ano passado.

"Haveria novas eleições, por exemplo, se a chapa que concorreu em 2020 tivesse tido o registro indeferido ou tivesse sido cassado o diploma deles. O que também não ocorreu", comentou.

NOVO PREFEITO

Zezé tem 51 anos, é natural do Paraná mas mora em Hortolândia há 33 anos. Ele já foi metalúrgico, comerciante e é tecnólogo em gestão ambiental. 

Foi candidato a vereador pelo PT nas eleições de 1992 e 2004, quando ficou como suplente. Em janeiro de 2005, passou a integrar a equipe de governo do prefeito Angelo Perugini, como gerente de transporte interno da prefeitura. Em 2008 foi eleito vereador no primeiro mandato, com 1.924 votos. 

Em 2009 foi eleito presidente do PT em Hortolândia e em dezembro de 2010 foi eleito presidente da câmara de Hortolândia para o biênio 2011/2012. Nas eleições de 2012, Zezé foi reeleito para seu segundo mandato consecutivo, já pelo PTB

Em entrevista à EPTV, o novo prefeito citou como prioridades no mandato a continuidade das obras viárias, a vacinação contra a covid-19, sendo que a cidade está atualmente em três consórcios para compra de vacinas e a entrega de cestas básicas para famílias em vulnerabilidade afetadas em meio a pandemia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários