Trio é preso após roubar casa e fugir da PM em Hortolândia
Reprodução: ACidade ON
Trio é preso após roubar casa e fugir da PM em Hortolândia

O Baep (Batalhão de Ações Especiais da Polícia) prendeu três homens envolvidos em um roubo a uma casa no bairro São Sebastião, em Hortolândia. Durante a perseguição, o motorista chegou a perder o controle do veículo, batendo o carro em um barranco. O caso ocorreu no domingo (11), mas foi divulgado hoje pela PM (Polícia Militar).

Segundo a PM, a equipe do Baep estava em patrulhamento pelo bairro Boa Esperança quando avistou um veículo, um Equinox vermelho, ocupado por três homens. Quando eles perceberam a aproximação da viatura, começaram a fugir em alta velocidade.

Neste momento, o condutor perdeu o controle do veículo e chorou o carro em um barraco. Eles, então, abandonaram o veiculo e fugiram para uma área verde próxima a um córrego da cidade. O Baep começou a procurar os suspeitos e encontrou um deles, de 26 anos, dentro de um veículo abandonado.

Com ele, foram encontrados R$ 1.010 em dinheiro, dois cartões de banco, um telefone celular e um relógio. Quando a equipe estava abordando o homem, um outro carro, um Celta preto, se aproximou.

OUTROS DOIS SUSPEITOS

Ao avistarem o Baep, o Celta mudou de direção rapidamente, mas foi abordado pelos policiais. Foram então encontrados os outros dois homens, de 22 e 35 anos, que teriam ido ao local para resgatar o terceiro suspeito. Esses dois homens encontrados depois negaram ter participado do roubo a residência no São Sebastião.

No entanto, foram encontrados com eles uma televisão 42 polegadas, dois notebooks, uma impressora e objetos pessoais. O Baep verificou que esses produtos eram de um roubo no São Sebastião, onde as vítimas teriam sido mantidas reféns por duas horas, sendo ameaçadas com arma de fogo e faca. Neste roubo foram levados o Equinox vermelho - usado na fuga - e um Cruze da cor branca.

O Cruze foi encontrado pouco depois pela equipe. Os três homens foram então conduzidos ao plantão policial de Hortolândia, onde ficaram presos e à disposição da Justiça.

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários