Covid: Estado de SP faz nova reclassificação hoje
Reprodução: ACidade ON
Covid: Estado de SP faz nova reclassificação hoje

O governo estadual anuncia nesta sexta-feira (16) a nova reclassificação do Plano São Paulo na quarentena de covid-19 para todas as regiões paulistas - incluindo a de Campinas. Isso ocorre porque a fase vermelha atual está decretada até domingo (18) - ela libera o atendimento presencial apenas para os serviços considerados essenciais. A coletiva de imprensa está prevista para às 12h45 e será transmitida ao vivo pelo ACidade ON.

Na cidade de Campinas, a fase vermelha começou no dia 12 de abril e incorporou algumas restrições da fase emergencial, até então inédita em São Paulo. Atualmente, o atendimento presencial é permitido em atividades - inclusive essenciais - até as 20h. O comércio está fechado há mais de um mês e o toque de recolher - das 20h às 5h - também segue em vigor com reforço policial nas ruas da cidade.

Apesar das restrições, foi liberada a retirada de produtos no comércio e a abertura de lojas de materiais de construção e concessionária. As aulas presenciais em escolas estaduais e privadas estão previstas para segunda-feira (19) caso a fase vermelha seja mantida hoje. Na rede municipal a previsão da volta às aulas presenciais é dia 26 de abril.

AVANÇO OU REGRESSÃO

Para o avanço ou regressão de fase no Plano São Paulo, o governo analisa índices da pandemia de covid-19. Um deles é a taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Na DRS 7 (Departamento Regional de Saúde), de Campinas, a ocupação da UTI-Covid é de 85,4% - o que indicaria uma manutenção da fase restritiva do Plano SP. Os leitos de enfermaria estão 66,7% ocupados.

No estado, a ocupação da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) dados são da Fundação Seade (Fundação Sistema Atual de Análise de Dados) e atualizados diariamente pelo governo estadual.

VEJA DADOS da DRS 7

- Número de casos de covid-19 na DRS 7: 292.926

- óbitos na região: 8.213

- 490,8 casos nos últimos 14 dias por 100 mil habitantes

- 22,6 óbitos em duas semanas por 100 mil habitantes

- Ocupação UTI-Covid: 85,4%

- Ocupação enfermaria Covid: 66,7%

- 82,4 internações nos últomos 14 dias por 100 mil habitantes

- 31,8 leitos de UTI-Covid por 100 mil habitantes

PREFEITURA

Após o anúncio, a Prefeitura de Campinas anuncia as regras válidas para a cidade, que são regulamentas por decreto municipal. No Plano São Paulo, cada município pode endurecer a quarentena além do preconizado pelo estado, mas não afrouxá-la.

Até a publicação desta reportagem, a Administração ainda não havia informado se o prefeito Dário Saadi (Republicanos) faria ou não uma coletiva de imprensa para informar como o município vai operar após o anúncio do estado de São Paulo.

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários