São Paulo anuncia fase de transição, reabre comércio e permite cultos
Reprodução: ACidade ON
São Paulo anuncia fase de transição, reabre comércio e permite cultos

O governo de São Paulo anunciou hoje (16) uma nova fase do Plano São Paulo de flexibilização da quarentena de combate ao coronavírus a qual chamou de "Fase de Transição". Nela haverá flexibilização das restrições durante duas semanas, com início no domingo (18), com a reabertura do comércio não essencial e do retorno dos cultos religiosos. O comércio poderá funcionar das 11h às 19h.

Na próxima semana, no sábado, dia 24, haverá a liberação do setor de serviços que envolve restaurantes, academias e salões de beleza.

ASSISTA O ANÚNCIO AQUI

"Para as próximas duas semanas com vigência a partir de amanhã no Estado de São Paulo. Agradecemos o apoio da população e as conquistas que estamos obtendo na pandemia", disse o vice-governador Rodrigo Garcia. Segundo ele, as duas ferramentas para enfrentar a crise sanitária são a vacina e as medidas de restrição. 

O Estado ainda manteve o toque de recolher das 20h às 5h e a orientação para que as pessoas sigam em teletrabalho em atividades em que isso é possível.

"Essa é a segunda semana consecutiva de quedas em internações. Baixamos 10% o número de internações. E se compararmos com as duas últimas semanas tivemos queda de 17,4%", disse o secretário de Saúde do estado Jean Gorinchteyn. 

"O Centro de Contingência permitiu um nível transição de atividades que estavam suspensas, entendendo que a sociedade tem necessidades. É preciso que todos sobrevivamos. Nesse sentido que tomamos essa decisão", disse o coordenador do Centro , Paulo Menezes.

VEJA REGRAS DA NOVA FASE DE TRANSIÇÃO 

18 A 23 DE ABRIL 

- Atividades comerciais (11h às 19h)
- Atividades religiosas (com restrições) 

24 a 30 DE ABRIL 

- Atividades comerciais (11h às 19h) 

- Atividades religiosas (com restrições) 

- Restaurantes e similares (11h às 19h) 

- Salão de beleza e barbearia (11h às 19h) 

- Atividades culturais (11h às 19h) 

- Academias (7h às 11h e 15h às 19h) 

REGRAS GERAIS 

- 25% da capacidade de ocupação do estabelecimento e aplicação de protocolos sanitários 

- Toque de Recolher das 20h às 5h 

- Teletrabalho para atividades administrativas não essenciais 

- Escalonamento do horário de entrada e saída de atividades do comércio, serviços e industrias

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários