Campinas deixa de entregar cesta básica da educação em março
Reprodução: ACidade ON
Campinas deixa de entregar cesta básica da educação em março

A Secretaria de Educação de Campinas deixou de entregar cestas básicas para os alunos ´da rede municipal no mês de março. Nenhum estudante da rede municipal recebeu o mantimento. A pasta confirmou a informação, mas não justificou a falha. Para abril está prevista a normalização do serviço ( veja tabela abaixo ).

Em fevereiro, por outro lado, a cesta básica foi entregue, porém os kits de hortifrutigranjeiros não foram dados à população. Novamente não houve uma justificativa para o ocorrido.

INÍCIO

As cestas básicas começaram a ser entregue em maio do ano passado para alunos das escolas da rede municipal em situação de extrema pobreza (com renda per capita menor que R$ 89,00) e pobreza (renda per capita entre R$ 89,00 e R$ 178,00).

O objetivo é repor às crianças as refeições que eram servidas nas escolas paralisadas devido à pandemia provocada pela covid-19. 

Vale lembrar que o retorno dos alunos nas aulas presenciais está previsto para o próximo dia 26.

Você viu?

DIZ QUE ENTREGA

O secretário de Educação, José Tadeu Jorge, tem falado em lives pelas redes sociais que a Prefeitura tem cumprido com a entrega, mas isso não vem ocorrendo de forma efetiva.

A reportagem do ACidade ON já havia mostrado que alguns locais não estavam recebendo cestas. A CEI (Centro de Educação Infantil) Lídia Bencardini, localizada no bairro Jardim Capivari, recebeu o último carregamento em dezembro e até hoje nada mais foi mais entregue.

Segundo pais, que não quiseram se identificar, a última foi recebida em dezembro. Desde então eles procuram a unidade, que sempre responde não ter recebido os alimentos. Na época, a Educação alegou falha no cadastro. 

Diversos mantimentos deixaram de ser entregues neste ano

OUTRO LADO

A Secretaria de Educação informou que em fevereiro e março as entregas foram alternadas entre cestas básicas e kits de hortifrutigranjeiros. E, agora em abril, cada família será beneficiada com os dois auxílios.

"A entrega de 40,4 mil kits de hortifrutigranjeiros começou já na terça-feira, 13 de abril; e, na próxima semana, serão entregues mais 40,4 mil cestas básicas. Atendendo à legislação, os alimentos são fornecidos com base no calendário letivo. As cestas e os kits não são cumulativos", disse a nota.

De abril a novembro do ano passado foram distribuídas 171 mil cestas básicas. De maio a novembro, 244 mil kits de hortifrutigranjeiros. Foram atendidas 41 mil famílias.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários