UTI-Covid: taxa de ocupação tem leve alta em Campinas
Reprodução: ACidade ON
UTI-Covid: taxa de ocupação tem leve alta em Campinas

A Secretaria de Saúde de Campinas divulgou, na tarde desta quinta-feira (22), que a ocupação de leitos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública municipal e particular teve um crescimento em relação a anteontem.

De acordo com a Pasta, Campinas conta, hoje, com 384 leitos de UTI-Covid de saúde. Deste total, 336 estão ocupados, o que corresponde a 87,50%%. Há 48 leitos livres nas redes pública municipal e privada. Na terça-feira a ocupação estava em 84,99%.

FILA DE ESPERA

A fila de espera de pacientes pacientes suspeitos ou confirmados com covid-19 que precisam de leitos de enfermaria ou UTI teve um leve crescimento em relação a terça.

Hoje há 22 pacientes a fila de espera. Na terça-feira, último dado divulgado, eram 21 pessoas. Destas 21 pessoas, oito pacientes aguardavam na lista de espera por uma vaga na UTI-Covid. Outras 14 pessoas precisavam de uma vaga em leitos de enfermaria.

Os leitos estão disponibilizados da seguinte maneira:

SUS Municipal: 160 leitos, dos quais 158 estão ocupados, o que equivale a 98,75%. Há 2 leitos livres.

Particular: 224 leitos, dos quais 178 estão ocupados, o que equivale a 79,46%. Há 46 leitos vagos.

* O Estado não está mais informando a ocupação dos leitos do HC da Unicamp e da AME.

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários