Reabertura de setores tem movimento tranquilo em Campinas
Reprodução: ACidade ON
Reabertura de setores tem movimento tranquilo em Campinas

Campinas avançou hoje (24) para a segunda etapa da fase de transição do Plano São Paulo , de controle da pandemia do coronavírus e retomada econômica. 

Durante a manhã e no começo da tarde o movimento foi tranquilo nos setores que tiveram o 1º dia de liberação após as restrições. Apesar disso, o comércio Central da cidade que já estava autorizado a funcionar- registrou grande movimentação

A partir deste sábado foi autorizado o funcionamento de estabelecimentos do setor de serviços, como restaurantes e similares (lanchonetes, casas de sucos e bares com função de restaurante), salões de beleza e barbearias, além de atividades culturais, parques, clubes e academias. 

Também ficam autorizadas a partir deste sábado as atividades presenciais internas nos estabelecimentos comerciais e de prestadores de serviço, e a retomada dos cursos de educação não regulada, como idiomas, artes, e informática.

Na tarde de ontem a Prefeitura autorizou também a reabertura das áreas comuns de condomínios e hotéis. 

MOVIMENTO

A equipe do ACidade ON percorreu setores que tiveram o 1º dia de liberação para mostrar a retomada. Tanto nos restaurantes, que abriram para o almoço, como nos salões de beleza e academias, a procura ainda foi tranquila, com a maioria dos estabelecimentos respeitando as regras de distanciamento. 

Vale lembrar que o atendimento presencial nestes locais era aguardado com grande expectativa pelos empresários, visto que desde o começo de março, quando a região voltou para a fase vermelha, os locais estão proibidos de receber clientes.  


Você viu?

PARQUES

Na Lagoa do Taquaral, o movimento também foi tranquilo na parte interna e externa durante a manhã. Apesar disso, algumas pessoas foram vistas caminhando sem máscara proteção que é obrigatória em todo o Estado. Sobre os flagrantes, a Prefeitura disse a fiscalização neste sábado, começou às 11h. 

Foram reabertos os 25 parques e bosques municipais a partir de hoje. O horário será das 6h às 18h, todos os dias, com exceção do Bosque dos Jequitibás, que não funciona às segundas-feiras.

REGRAS

O horário do retorno das atividades nessa fase de transição, entre a vermelha e laranja do Plano São Paulo, é das 11h às 19h, com exceção das academias, que poderão abrir durante oito horas no período entre 6h e 19h. As áreas comuns de condomínios e hotéis também poderão ser realizadas entre 6h e 18h. 

Apesar da flexibilização, vale lembrar que a prefeitura manteve o toque de recolher das 20h às 5h e a determinação de multa e lacração para estabelecimentos que descumpram as regras da quarentena. 

VEJA ABAIXO O QUE PODE REABRIR:

- Academias: funcionando por oito horas entre 6h e 19h; capacidade limitada a 25%;

- Salões de beleza e Barbearias: das 11h às 19h; com capacidade limitada a 25%;

- Restaurantes e bares que sirvam refeições como restaurantes: das 11h às 19h; com capacidade limitada a 25%;

- Atividades culturais como cinema, museus e teatros: das 11h às 19h; com capacidade limitada

- Parques: Estado liberou das 6h às 18h (Prefeitura de Campinas ainda não se pronunciou); com capacidade limitada a 25%;

- reabertura das áreas comuns de condomínios e hotéis: que poderão funcionar entre 6h e 18h;

- Poupatempo: Estado informou que as unidades reabrem nesse sábado para o atendimento presencial. Porém é necessário fazer agendamento prévio: https://www.poupatempo.sp.gov.br/

- Atividades presenciais internas nos estabelecimentos comerciais e de prestadores de serviço: das 11h às 19h; com capacidade limitada a 25%;

- Retomada dos cursos de educação não regulada, como idiomas, artes, e informática: das 11h às 19h; com capacidade limitada a 25%;

JÁ ESTÃO AUTORIZADOS DESDE SÁBADO PASSADO:

- o comércio pode funcionar das 11h às 19h, mas com limite de 25% de ocupação do local;

- missas e cultos podem ser realizados presencialmente, mas respeitando protocolos sanitários, entre 6h e 20h.

As seguintes medidas da fase vermelha foram mantidas:

- a recomendação do teletrabalho;

- a recomendação do escalonamento de horários alternados para a entrada de funcionários dos setores de serviços, do comércio e da indústria;

- o toque de recolher das 20h às 5h;

- proibição do uso das áreas comuns dos condomínios;

- proibição de festas clandestinas e reuniões familiares com mais de 10 pessoas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários