Acusado de matar irmãos em Hortolândia se entrega à Polícia
Reprodução: ACidade ON
Acusado de matar irmãos em Hortolândia se entrega à Polícia

O agente penitenciário aposentado de 67 anos, acusado de matar dois irmãos último sábado (24) após uma briga por causa de som alto no bairro Jardim Nova América, em Hortolândia , se entregou à Polícia Civil nesta terça-feira. Ele foi ouvido e liberado.

De acordo com o delegado seccional de Americana, Jose Joveli, o suspeito se entrou junto com o advogado e prestou depoimento. "Ele não foi preso porque não existe mandado de prisão contra ele. Ele apresentou uma arma, que ficou apreendida e irá passar por perícia", afirmou.

Segundo o boletim de ocorrência, os irmãos Eclécio Ferreira de Lima, de 36 anos, e Adelmo Ferreira de Lima, de 39 anos estavam sentados na calçada da casa, quando o suspeito saiu e iniciou uma discussão, em seguida ele sacou uma arma e começou os disparos.

Eclécio morreu no local, enquanto Adelmo chegou a ser socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Ele veio a óbito ao dar entrada no Hospital Municipal Mário Covas.

Segundo testemunhas, o homem e as vítimas tinham desavenças antigas, mas a briga que resultou na morte teria ocorrido por causa de barulho.

O suspeito fugiu de carro após o crime. Os vizinhos afirmam que ele já havia ameaçado outras pessoas com a arma e tinha problemas de convivência no bairro.

Joveli explicou que inquérito policial será encerrado nos próximos dias e encaminhado à Justiça e ao Ministério Público.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários