GM de Americana é agredida com pedradas ao dispersar aglomeração
Reprodução: ACidade ON
GM de Americana é agredida com pedradas ao dispersar aglomeração

A GM (Guarda Municipal) de Americana foi agredida com pedradas e garrafadas ao dispersar uma aglomeração de pessoas na noite de sábado (1º) em meio a pandemia de Covid-19 . O caso ocorreu na Rua Amélio Ettore, no Centro da cidade, e no local haviam cerca de 1 mil moradores. Eles não foram identificadas e a Guarda chegou a usar balas de borracha por conta das agressões.

Segundo a GM, o caso ocorreu após as 20h - quando começa o toque de recolher noturno na cidade -, e além da aglomeração havia também carros com som alto e motociclistas sem capacete circulando na região.

Por conta do barulho, moradores do entorno acionaram a GM, que enviou seis viaturas ao local. Quando as equipes chegaram, foram recebidas com pedras e garrafas lançadas pelas pessoas. Diante disso, os agentes fizeram disparos com balas de borrachas para dispersar a multidão. Ninguém ficou ferido. 



"A gente estava monitorando o local, mas houve uma demanda de denúncias muito grande. Infelizmente o pessoal continua a se aglomerar em meio a pandemia. E, em virtude da reação, foi necessária uma intervenção com armamento. Mas não houve feridos. Os motoristas que estavam cometendo infrações de trânsito foram autuados e as medidas administrativas foram tomadas", explicou o comandante da GM de Americana, Marco Aurélio.

Você viu?


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários