Etecs abrem inscrições para o Vestibulinho do segundo semestre
Reprodução: ACidade ON
Etecs abrem inscrições para o Vestibulinho do segundo semestre

  As Etecs (Escolas Técnicas Estaduais) abrem nesta sexta-feira (7) o período de inscrição para o Vestibulinho do segundo semestre de 2021. Os candidatos devem se inscrever pela internet até as 15h de 2 de junho através do site

Segundo o CPS (Centro Paula Souza), a seleção dos candidatos será pela análise do histórico escolar, sem a realização de prova presencial ou online devido à pandemia da covid-19. O mesmo ocorre para o vestibular das Fatecs, cujas inscrições serão de 10 de maio a 7 de junho, também pela internet.

A taxa integral da inscrição é de R$ 19. A resposta a quem efetuou o pedido de redução de 50% será divulgada em 12 de maio, somente pela internet. O calendário completo do processo seletivo está disponível no site vestibulinhoetec.com.br. 

De acordo com o CPS, o início das aulas de todos os cursos será de forma remota ou híbrida (parte presencial e parte virtual), até que as regras do isolamento social sejam flexibilizadas e seja possível o retorno às atividades presenciais nas Etecs e nas classes descentralizadas.

Os candidatos com dificuldade de acesso à internet para fazer sua inscrição, poderão utilizar os computadores disponibilizados pelas Etecs. Os interessados devem entrar em contato com a sua unidade para confirmar o horário de atendimento e realizar o agendamento. 

Você viu?

O Sistema de Pontuação Acrescida concede acréscimo de pontos à nota final do processo seletivo das Etecs e das Fatecs, sendo 3% a estudantes afrodescendentes e 10% a oriundos da rede pública. Se o candidato estiver nas duas situações, recebe 13% de bônus.

PROCESSO SELETIVO

Ao todo, o Vestibulinho oferece 45.986 vagas para o Ensino Técnico (presencial, semipresencial e online) e Especialização Técnica. As vagas são destinadas às Etecs e às classes descentralizadas (unidades que funcionam com um ou mais cursos técnicos, sob a administração de uma Etec) por meio de parcerias com as prefeituras do interior e da Capital (aulas nos CEUs) e com a Secretaria estadual da Educação para oferta de cursos técnicos em salas de escolas estaduais.

A seleção dos candidatos se dará por meio de análise do histórico escolar. Serão avaliadas as notas de Português e Matemática do primeiro ano do Ensino Médio ou do primeiro termo do Ensino Médio na modalidade EJA, concluídos até 31 de dezembro de 2020. 

INSCRIÇÕES

Para se inscrever em um dos cursos técnicos, o candidato precisa ter concluído ou estar cursando a partir do segundo ano do Ensino Médio.  

Quem já concluiu ou está fazendo a Educação de Jovens e Adultos (EJA) ou o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) deve apresentar uma das seguintes certificações: certificado de conclusão do Ensino Médio, declaração de que está matriculado a partir do segundo semestre da EJA, dois certificados de aprovação em áreas de estudos da EJA, boletim de aprovação do Encceja enviado pelo Ministério da Educação (MEC) ou o certificado de aprovação do Encceja em duas áreas de estudos avaliadas.

O candidato que fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) até a edição de 2016 deve apresentar o certificado ou declaração de conclusão do Ensino Médio, expedido por órgão competente.

Para as vagas de Especialização Técnica, o candidato precisa ter concluído o Ensino Médio e o Ensino Técnico associado ao curso de especialização de interesse, conforme relação disponível na internet.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários