UTI-Covid: taxa de ocupação volta a crescer em Campinas
Reprodução: ACidade ON
UTI-Covid: taxa de ocupação volta a crescer em Campinas

A Secretaria de Saúde de Campinas, divulgou, na tarde desta segunda-feira (17), a taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública municipal e particular de saúde.

Segundo o novo balanço, a taxa voltou a crescer e ficar acima dos 80% quando comparada com a sexta-feira - último dado divulgado, quando a ocupação estava em 77,84%.

Campinas conta nesta segunda-feira com 356 leitos de UTI-Covid. Deste total, 295 estão ocupados, o que corresponde a 82,87%. Há 61 leitos livres nas redes municipal e privada.

Hoje não há pacientes à espera por leitos covid-19 de UTI e enfermaria.

Os leitos estão disponibilizados da seguinte maneira:


SUS Municipal: 147 leitos, dos quais 139 estão ocupados, o que equivale a 94,56%. Há oito leitos livres.

Particular: 209 leitos, dos quais 156 estão ocupados, o que equivale a 74,64%. Há 53 leitos vagos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários