Ponte Preta saiu de campo sem o título do Interior.
PontePress/ÁlvaroJr
Ponte Preta saiu de campo sem o título do Interior.

A Ponte Preta não conseguiu se impor em campo e perdeu a chance de conquistar o título do Troféu do Interior. Jogando na noite desta quinta-feira (20), no Estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte, a Macaca foi derrotada pelo Novorizontino por 2 a 0.

Os gols foram marcados nas duas etapas. Na primeira, a Macaca mal criou e, no segundo, quando tempo, acabou sofrendo o gol que garantiu a vitória.

FOI FRACO

Os primeiros 45 minutos da decisão tiveram pouca emoção. Melhor para o Novorizontino, que abriu o placar logo aos três minutos. A Ponte só criou a primeira oportunidade, de fato, aos 21, mas Camilo, de bicicleta, mandou por cima do gol.

Precisando buscar a igualdade, a Macaca saiu mais para o jogo, mas pouco fez. As melhores chances vieram com Moisés, que na primeira chutou para fora e na segunda cruzou rasteiro para defesa tranquila do goleiro Giovanni.

Logo aos três minutos, Jenison recebeu lançamento, matou no peito e chutou cruzado. A bola passou pela pequena área e Felipe Rodrigues apareceu com liberdade para tocar de primeira para o gol, abrindo o placar para o dono da casa. 

Você viu?

MELHOROU

No segundo tempo, a Ponte voltou em busca do empate e foi para cima. Logo aos sete minutos, Moisés cruzou para João Veras, que tentou o cabeceio, mas Edson Silva apareceu para desviar para escanteio.

Aos 14 minutos, outra grande chance. Moisés cruzou e na sobra Dawhan chegou batendo para o gol, que bateu no travessão e foi pela linha de fundo.

Mas apesar das tentativas da Macaca, o Novorizontino chegou ao segundo gol. Aos 25 minutos, Murilo Rangel cobrou escanteio, Léo Baiano desviou de cabeça para trás e Edson Silva apareceu no segundo pau, quase dentro do gol, para tocar de cabeça.



FICHA TÉCNICA

Novorizontino 2 x 0 Ponte Preta

Gols: Felipe Rodrigues aos 3 minutos do primeiro tempo; Edson Silva aos 25 minutos do segundo tempo; 
Cartão amarelo: Adilson Goiano (Novorizontino)
Arbitragem: Douglas Marques das Flores, Alex Ang Ribeiro e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa
Local: Estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte

NOVORIZONTINO
Giovanni; Felipe Rodrigues, Edson Silva, Bruno Aguiar e Paulinho; João Pedro, Léo Baiano (Adilson Goiano) e Murilo Rangel (Roney); Cléo Silva (Ricardo Luz), Danielzinho (Douglas Baggio) e Jenison (Guilherme Queiroz).
Técnico: Léo Condé

PONTE PRETA
Ygor Vinhas; Apodi, Luizão, Ruan Renato e Felipe Albuquerque; Dawhan e Locatelli (Renan Mota); Renatinho (Jean Carlos), Camilo e Moisés; Paulo Sérgio (João Veras).
Técnico: Fábio Moreno

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários