Covid-19: Campinas concluí que mulher morreu após surto no Mário Gatti
Reprodução: ACidade ON
Covid-19: Campinas concluí que mulher morreu após surto no Mário Gatti

A Secretaria de Saúde de Campinas informou que uma mulher morreu após o surto de casos de Covid-19 dentro da unidade cirúrgica do Hospital Municipal Doutor Mário Gatti. A informação foi passada nesta segunda-feira (24). 

De acordo com a Saúde, seis pacientes ao todo foram infectados. Quatro mulheres tiveram exame positivo para covid-19, três não apresentaram sintomas clínicos.

Uma delas, que não teve a idade revelada, teve insuficiência respiratória grave e faleceu em 22 de maio.

Você viu?

Além disso, dois homens tiveram sintomas leves. Como eles não tiveram contato com as pacientes do sexo feminino, a investigação entendeu que a transmissões entre eles não estava relacionada à transmissão em ala feminina.

ENTRE MÉDICOS

A investigação mostrou, ainda, que quatro casos de covid-19 entre residentes, que tiveram síndrome gripal, não tiveram relação com o surto entre pacientes.

Eles não prestaram atendimento aos pacientes em questão e não eram da mesma especialidade, sugerindo a possibilidade de surto entre os profissionais. Essa contaminação extra-hospitalar ainda está sob investigação e os residentes estão afastados, ainda em isolamento.


Segundo a Prefeitura, outros 20 profissionais das equipes de cirurgia geral e foram testados e não houve mais nenhum caso confirmado no período. 

COMO FOI  

A Rede confirmou o surto após a reportagem ter acesso a um comunicado interno, enviado um dia antes, pelo NEH (Núcleo de Epidemiologia Hospitalar) à diretoria da unidade, informando sobre o quadro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários