Campinas registrou queda na aplicação de multas.
Reprodução
Campinas registrou queda na aplicação de multas.

O número total de multas aplicadas em Campinas em 2020 caiu pela metade na comparação com 2019, segundo dados do Detran de São Paulo. A queda, de acordo com o órgão, está relacionada à pandemia de covid-19 que começou em março do passado, quando houve a necessidade de isolamento social e, como consequência, provocou a diminuição de veículos nas ruas da cidade.

O levantamento é do Detran de São Paulo, que apontou ainda queda de 60% nas multas geradas no comparativo dos últimos quatro anos (leia mais abaixo).

Em 2019, foram aplicadas 31.298 multas em Campinas. Já em 2020, o número caiu para 17.333. A redução é de 99,9%. Para o diretor-presidente do Detran.SP, Neto Mascellani, a queda na quantidade geral de multas é reflexo também das ações permanentes para o trânsito realizadas no Estado de São Paulo.

"O Detran trabalha fortemente na conscientização e educação, e isso se reflete na redução das autuações e na melhoria do trânsito paulista. Em tempos de pandemia, a grande vacina no trânsito é o respeito à legislação para salvar vidas. Só assim diminuiremos perdas humanas e danos causados no trânsito. É um processo de amadurecimento do condutor e de formação do cidadão", disse. 

Você viu?

Multas aplicadas desde 2017 em Campinas (Foto: Reprodução/Detran)

DESDE 2017

O levantamento também apontou que o número de autuações feitas pelo departamento teve redução de 60% nos últimos quatro anos, entre 2017 e 2020, na cidade de Campinas. Foram aplicadas 44.186 mil multas em 2017, contra 17.330 mil em 2020.

Os dados registrados pelo órgão estadual de trânsito mostram uma redução contínua neste período: 11% em 2018, 19% em 2019 e 45% no ano passado.

NO ESTADO

No Estado de São Paulo, o levantamento realizado pelo Detran de São Paulo mostra que o número de autuações feitas pelo departamento teve redução de 53.8% nos últimos quatro anos, entre 2017 e 2020. Foram aplicadas 1.9 milhão de multas em 2017, contra 876 mil em 2020.

Os dados registrados pelo órgão estadual de trânsito mostram uma redução contínua neste período: 10,5% em 2018, 17,6% em 2019, e 37,4% no ano passado.



Na cidade de São Paulo também houve redução no volume total de multas aplicadas, passando de 583.157 em 2017 para 233.467 em 2020, queda de 60%. A redução foi continua neste período: 21% em 2018; 7,5% em 2019 e 45% em 2020.

As três infrações mais cometidas pelos motoristas paulistas foram conduzir o veículo sem que esteja devidamente licenciado, deixar de efetuar o registro do veículo em 30 dias e dirigir veículo sem possuir Carteira Nacional de Habilitação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários