Covid-19: Campinas atinge maior número de internados em 40 dias
Reprodução: ACidade ON
Covid-19: Campinas atinge maior número de internados em 40 dias

A cidade de Campinas atingiu, após quase 40 dias, a maior ocupação de UTI(Unidade de Terapia Intensiva) exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública e particular. O balanço foi divulgado nesta segunda-feira (31) pela Secretaria de Saúde. 

De acordo com a Pasta, hoje a cidade está com 358 leitos de UTI-Covid ocupados, o que corresponde a 92,75% na taxa de ocupação. No dia 23 de abril, este número era de 367 pessoas nesta situação.

Na rede pública, que engloba o SUS municipal e estadual, a situação é de quatro leitos livres - três no município e um no HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

Você viu?

FILA DE ESPERA

Já a fila de espera de pacientes suspeitos ou confirmados com covid-19 por leitos de enfermaria ou UTI-Covid se manteve estável em relação a última sexta-feira.

Hoje há 13 pacientes à espera por leitos Covid-19 de UTI e nenhum de enfermaria. Na sexta-feira este dado era igual.

CASOS E ÓBITOS

A Secretaria de Saúde de Campinas confirmou mais 17 óbitos de covid-19 nesta segunda-feira, além de 169 novos casos da doença. O boletim epidemiológico trouxe os dados acumulados desde sexta-feira, a última atualização feita pela Prefeitura.

Com isso, a cidade perdeu, até hoje, 3.330 vidas para o coronavírus e 101.536 moradores foram infectados desde março de 2020.


Os leitos estão disponibilizados da seguinte maneira:

SUS Municipal: 153 leitos, dos quais 150 estão ocupados, o que equivale a 98,04%. Há três leitos livres.

SUS Estadual: 40 leitos, dos quais 39 estão ocupados, o que equivale a 97,5%%. Há um leito livre.

Particular: 193 leitos, dos quais 169 estão ocupados, o que equivale a 87,56%. Há 24 leitos vagos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários