Vídeo: empresa descarta centenas de moldes de dentes em rua de Campinas
Reprodução: ACidade ON
Vídeo: empresa descarta centenas de moldes de dentes em rua de Campinas

Um morador de Campinas flagrou o descarte irregular de centenas de moldes de gesso de arcadas dentárias entre outros materiais de odontologia radiológica feitos por uma empresa em área da cidade. O caso ocorreu na manhã de segunda-feira (31) e o local fica na Rua José Cristovão Gonçalves, que liga os bairros Jardim Icaraí e São José (veja vídeo abaixo).

Além dos moldes, há ainda embalagens de outros produtos com os nomes de pacientes que estavam na rua até esta terça-feira (1º). O DLU (Departamento de Limpeza Urbana) de Campinas informou que começou a limpeza da área hoje e calcula que há entre três e cinco mil toneladas de resíduos descartados no local (leia mais abaixo).

"A avenida costuma sempre receber descarte ilegal. A Prefeitura limpa e aí voltam e descartam novamente. Mas esse tipo de produto odontológico é a primeira vez. Já vi luvas, cabeça de peixe, todo tipo de lixo que você pensar", disse o morador do bairro Ednei Ribas.

Ele afirmou ainda que a vala é grande, tem cerca de um quilômetro, e outros moradores costumam utilizar o local para atravessar de um bairro a outro. "É uma vergonha o que está acontecendo. Tem um ponto fechado só de lixo, com entulho. Depois da limpeza, não dá um dia e já está sujo de novo. Junta bicho, é perigoso", disse. 



A PREFEITURA

Procurada, a Prefeitura de Campinas confirmou o caso e disse que equipes do DLU (Departamento de Limpeza Urbana), da Secretaria de Serviços Públicos, iniciaram a retirada do material na via na manhã de hoje, após vistoria na tarde de ontem.

O DLU calcula que há entre três e cinco mil toneladas de resíduos descartados no local. Para coletar, estão sendo utilizados quatro caminhões basculantes e uma pá carregadeira.

A partir desta quarta-feira (2) será incluído ainda um trator de esteira, para auxiliar no trabalho. Se houver material identificado como resíduo hospitalar, a coleta e a destinação serão separadas.

Sobre o caso, o DLU disse que faz limpeza de descarte irregular com frequência e que "não se justifica esse tipo de atitude, de despejar lixo de forma irregular, em áreas públicas ou particulares".

A Prefeitura disse também que a população pode denunciar os infratores, que estejam descartando irregularmente, por meio do 156 e do 153, da Guarda Municipal, para flagrante. A solicitação para limpeza de áreas públicas e vistoria em terrenos particulares, para que os proprietários sejam notificados, podem ser feitas pelo 156.

OUTRO LADO

O material descartado leva o nome da empresa Radiodoc. Ela foi procurada pela reportagem do ACidade ON e informou que não realizou o descarte nesse local. A empresa afirmou ainda que o descarte irregular teria sido feito por uma clínica odontológica a qual a Radiodoc presta serviço.

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários