Região de Campinas vai ganhar mais quatro unidades do Poupatempo.
Reprodução
Região de Campinas vai ganhar mais quatro unidades do Poupatempo.

Quatro cidades da região de Campinas receberão unidades do Poupatempo: Artur Nogueira, Jaguariúna, Monte Mor e Paulínia. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (7) pelo governo do Estado.

De acordo com o Estado, as unidades serão implantadas nesses municípios em parceria com as prefeituras, que ainda definirão os locais de instalação do serviço.

Apesar de anunciar as novas unidades, ainda não há uma definição sobre a instalação da unidade do Poupatempo na região central de Campinas anunciada no ano passado.

A intenção é que as unidades nessas quatro cidades sejam instaladas ainda nesse ano, segundo o governo estadual que explicou que as futuras unidades fazem parte do plano de expansão. Além da região de Campinas, o Estado anunciou outras 16 novas unidades do serviço em diversas regiões.

"O novo modelo, com os serviços do Detran.SP ao atendimento do Poupatempo, é mais moderno, compacto e com foco no digital. Como diversos serviços serão oferecidos no mesmo local, o cidadão ganhará em agilidade, eficiência, comodidade e autonomia, sem perder o padrão de qualidade, marca registrada do programa", afirmou André Arruda, presidente da Prodesp - empresa de informática do governo do Estado de São Paulo.

Você viu?

No anúncio de hoje o Estado afirmou que para aumentar a capilaridade, alcançando inclusive os municípios de menor porte, as Ciretrans serão transformadas em Poupatempo. O atendimento será por meio do sistema Balcão Único, com atendentes multitarefa, podendo contar com serviços municipais. Esse modelo já foi testado e aprovado pelos usuários nas unidades inauguradas nesta gestão nas cidades de Aguaí, Lençóis Paulista, Jales e Salto, escolhidas para o projeto piloto.

AS UNIDADES

As 20 novas implantações serão viabilizadas em parceria com os municípios, atendendo mais de 1,5 milhão de pessoas. Além do Detran.SP, os postos oferecerão serviços do Instituto de Identificação, Ministério Público, Secretaria Estadual da Educação, prefeituras, entre outros. O investimento do Estado será de aproximadamente 3,3 milhões.

"Atualmente, 86% dos serviços realizados pelo Detran.SP são pelos canais digitais. Isso graças ao avanço da digitalização, o que permitiu a redução do atendimento presencial. Ao delegar o atendimento ao Poupatempo, conseguiremos aproveitar melhor nosso quadro de colaboradores, otimizando ainda mais a operação para serviços essenciais. Exemplo disso é a prova prática de habilitação, que muitos municípios do Estado não têm e que com o novo modelo será possível oferecer, evitando assim o deslocamento do cidadão para uma cidade vizinha", explica Ernesto Mascellani Neto, presidente do Detran.

Desde o anúncio do plano de expansão do Poupatempo, sete unidades integradas ao órgão estadual de trânsito já estão em funcionamento. São elas: Franco da Rocha, Hortolândia, Piquete, Santa Bárbara dOeste, Serra Negra, Sumaré e Alesp. Recentemente, o Governo de São Paulo deu o aval para a implantação de 25 novas unidades em cidades da Região Metropolitana, Litoral e interior.


Por meio da Prodesp, o Poupatempo aumentou a oferta de serviços digitais. São 137 opções online, no portal www.poupatempo.sp.gov.br, aplicativo Poupatempo Digital e totens de autoatendimento. Até o fim deste ano, o objetivo é oferecer 180 serviços digitais, e chegar a 240 em 2022.

"A ampliação dos serviços pelos meios eletrônicos é fundamental para permitir que o Poupatempo esteja cada vez mais próximo das pessoas. Agora, as unidades podem ser mais compactas e mesmo assim oferecer uma ampla diversidade de opções", destaca o diretor da Prodesp, Murilo Macedo.

Atualmente, 85% dos atendimentos do Poupatempo são feitos pelas plataformas digitais. Entre os serviços online mais procurados, estão a pesquisa de pontuação, habilitação, licenciamento, as funcionalidades da vacinação contra a Covid-19, além da emissão do Atestado de Antecedentes Criminais, consulta de IPVA, entre outros.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários