Covid-19: Campinas tem recorde de vacinados em um único dia
Reprodução: ACidade ON
Covid-19: Campinas tem recorde de vacinados em um único dia

Campinas aplicou 25.518 doses de vacinas neste sábado (12) na terceira edição do Dia D contra a Covid-19. Do total de imunizados, 25.469 tomaram a primeira dose e, 49, a segunda dose. Este é o maior número de vacinados em um mesmo dia na cidade.

A ação ocorreu das 9h às 17h em 63 centros de saúde espalhados pela cidade. Na campanha de hoje, a imunização foi voltada exclusivamente para pessoas dos grupos prioritários já agendadas previamente pelo site vacina.campinas.sp.gov.br .

A megaoperação mobilizou mais de 1,2 mil servidores, que começaram seus trabalhos às 6h, com apoio da GM (Guarda Municipal) no transporte das doses para as unidades. As equipes foram coordenadas pelo Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde) e pelo Departamento de Saúde.

ADESÃO IMENSA

A Secretaria de Saúde de Campinas optou por mais uma edição do "Dia D" devido à adesão significante da população ocorrida nas duas edições anteriores, o que permitiu ao município ampliar o número de pessoas protegidas.

No primeiro "Dia D", em 22 de maio, um sábado, foram vacinadas 23.612 pessoas, até então, um recorde para um único dia na cidade (superado pelos números de hoje). Na segunda edição, ocorrida na sexta-feira (4), foram imunizadas 23.104 pessoas.

MUDANÇA DE LOCAL

Além do Dia D, Campinas começou a aplicar doses das vacinas contra a covid-19 também nos CSs distribuídos pela cidade. Até então, as vacinas agendadas eram aplicadas apenas nos cinco Centros de Imunização, colocados desde o início da campanha na cidade.

A alteração no protocolo e a descentralização da imunização foram confirmadas nesta semana pela Saúde. O objetivo é a ampliação dos locais para aplicação das vacinas contra a doença e a desativação gradual dos cinco postos montados na cidade no início da imunização em janeiro desse ano.

Até o mês passado o morador tomava a primeira e segunda dose da vacina no mesmo local, sendo eles um dos cinco centros de vacinação contra a covid-19 distribuídos pela cidade, agora, quem está sendo vacinado em primeira dose, passou a ser direcionado a fazer a segunda dose em um posto de saúde da região onde mora.

Até agora, a vacinação contra a covid-19 estava ocorrendo em cinco pontos, sendo eles o CVI (Centro de Vivência do Idoso) na Lagoa do Taquaral, a Escola CAIC Zeferino Vaz, na Vila União, o Círculo Militar de Campinas, no Jardim Chapadão, no Parque Itália e o Centro de Imunização Noroeste, na Vila Castelo Branco.

A partir de hoje, não haverá mais agendamento nesses locais, sendo mantidas as doses apenas para quem já estava agendado. Os pontos param de funcionar no dia 26 de agosto.

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários