Campinas entra em estado de emergência por conta de tempo seco
Reprodução: ACidade ON
Campinas entra em estado de emergência por conta de tempo seco

Campinas entrou em estado de emergência na tarde desta quarta-feira (21) após a Umidade Relativa do Ar (URA) cair para 11,9% às 16h. O Departamento de Defesa Civil emitiu boletim informando o Estado de Emergência devido ao índice estar abaixo de 12%, segundo medição registrada pela Estação Ciiagro/IAC Campinas Região Norte.

A Defesa Civil alerta ainda que o tempo permanecerá seco em todo o Estado de São Paulo, provocando queda da Umidade Relativa do Ar. Entre os dias 21 e 25 de julho há previsão de níveis ainda mais críticos de umidade para a região de Campinas.

Por conta disso, as recomendações são de beber água constantemente, evitar exercícios ao ar livre no período vespertino e não atear fogo em vegetação, pois além de prejudicar a qualidade do ar e do risco de provocar incêndio florestal, é crime ambiental (veja mais abaixo).

ESTADO DE ALERTA

Antes do estado de emergência, Campinas estava em estado de atenção. Isso porquê o índice de URA estava em 29,6%, às 10h20, de acordo com boletim da Defesa Civil do município.


Quando o índice está entre 20 e 30%, é declarado o estado de atenção. Já o estado de alerta é decretado quando a umidade relativa do ar registra índice entre 12% e 20%.

RECOMENDAÇÕES

- Beba muita água, coma mais frutas e vegetais, a desidratação é um sério risco, principalmente para crianças e idosos;

- Evite objetos que acumulem poeira, como tapetes, cortinas e bichos de pelúcia;

- Evite ar-condicionado, pois resseca ainda mais o ar;

- Umedeça o ar de sua casa deixando toalhas úmidas em alguns cômodos;

- Limpe os olhos com algodão e água esterilizada para evitar irritações e outros problemas oculares;

- Evite fazer exercícios físicos quando o ar estiver muito seco, principalmente no horário das 10h às 16h.

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários