Campinas está em estado de emergência pelo 2º dia seguido.
Carlos Bassan / Pref. de Campinas
Campinas está em estado de emergência pelo 2º dia seguido.

Campinas entrou em estado de emergência pelo 2º dia seguido após uma nova queda na umidade relativa do ar.   

O boletim da Defesa Civil divulgado nesta quinta-feira (22) aponta que a cidade atingiu hoje o índice de 11,6%. O dado é da Estação Ciiagro/IAC Campinas Região Norte, responsável pela medição. 

Ontem, Campinas entrou em estado de emergência após a Umidade Relativa do Ar (URA) cair para 11,9% às 16h .  Esse estado não era registrado na cidade desde 2019. 

De acordo com a meteorologista do Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura), da Unicamp, Ana Ávila, o risco é de a situação se agravar ainda mais até o final do mês de julho. "Corremos o risco de fecharmos o mês sem chuvas, o que, com o tempo, agrava a situação", disse. 

O estado de emergência é o considerado mais crítica pela Defesa Civil. Quando o índice está entre 20 e 30%, é declarado o estado de atenção . Já o estado de alerta é decretado quando a umidade relativa do ar registra índice entre 12% e 20%.


CUIDADOS 

Não houve
2020 

Um alerta de emergência em setembro
2019 

Não houve
2018 

Quatro alertas de emergência, todos em setembro
2017 

HISTÓRICO 

O estado de emergência é o considerado mais crítica pela Defesa Civil. Quando o índice está entre 20 e 30%, é declarado o estado de atenção. Já o estado de alerta é decretado quando a umidade relativa do ar registra índice entre 12% e 20%. 

De acordo com a meteorologista do Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura), da Unicamp, Ana Ávila, o risco é de a situação se agravar ainda mais até o final do mês de julho. "Corremos o risco de fecharmos o mês sem chuvas, o que, com o tempo, agrava a situação", disse. 

Ontem, Campinas entrou em estado de emergência após a Umidade Relativa do Ar (URA) cair para 11,9% às 16h (leia mais aqui). Esse estado não era registrado na cidade desde 2019. 

Campinas entrou em estado de emergência pelo 2º dia seguido após uma nova queda na umidade relativa do ar. O boletim da Defesa Civil divulgado nesta quinta-feira (22) aponta que a cidade atingiu hoje o índice de 11,6%. O dado é da Estação Ciiagro/IAC Campinas Região Norte, responsável pela medição. 

Umidade relativa do ar atingiu 11,6% às 14h20; estado não era registrado em Campinas desde 2019
Tempo seco: Campinas está em estado de emergência pelo 2º dia seguido

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários