Campinas: taxa de UTI-Covid é a menor em 2 meses
Reprodução: ACidade ON
Campinas: taxa de UTI-Covid é a menor em 2 meses

Você viu?

A taxa de ocupação de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de covid-19 em Campinas é a menor registrada em dois meses, segundo dados informados pela Prefeitura nesta segunda-feira (26). Hoje, a taxa é de 79,95% e número semelhante ocorreu no dia 13 de maio - quando o índice de ocupação era de 79,26%.

De acordo com o levantamento da Administração , a cidade tem nesta segunda-feira 369 leitos de UTI exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública e particular de saúde. Deste total, 295 estão ocupados, o que corresponde a 79,95%.

Hoje, há 74 leitos livres nas redes municipal, estadual e privada. Em maio, eram 352 leitos de UTI-Covid, sendo que 279 estão ocupados. Na época, havia 73 leitos livres nas redes municipal e privada. 

Para a Prefeitura de Campinas, a pandemia de covid-19 recuou na cidade. Segundo o prefeito Dário Saadi (Republicanos), em live, hoje, os números indicam uma regressão, mas ainda existe a necessidade de manter os cuidados contra a covid.

FILA DE ESPERA

Segundo o boletim da prefeitura, não há pacientes à espera por leitos covid-19 . No total, há 331 pacientes internados em enfermaria Covid e 295 em UTI-Covid.

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

A secretaria de Saúde de Campinas confirmou nesta segunda-feira (26) mais 15 óbitos de covid-19 e mais 656 casos da doença. Com isso, o registro total, desde o começo da pandemia, é de 4.041 mortes de coronavírus e 125.069 moradores que se infectaram.

COMO ESTÃO OS LEITOS

SUS Municipal: 136 leitos, dos quais 113 estão ocupados, o que equivale a 83,09%. Há 23 leitos livres.

SUS Estadual: 45 leitos, dos quais 37 estão ocupados, o que equivale a 82,22%. Há 8 leitos livres.

Particular: 188 leitos, dos quais 145 estão ocupados, o que equivale a 77,13%. Há 43 leitos livres.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários