Vigilância de Campinas reforçou necessidade de cuidados para evitar aumento de casos de Covid.
Fernanda Sunega/PMC
Vigilância de Campinas reforçou necessidade de cuidados para evitar aumento de casos de Covid.

Por conta do início da flexibilização nas regras do Plano São Paulo  no domingo (1º), a Vigilância Sanitária de Campinas recomendou a manutenção dos cuidados contra a Covid-19 para evitar um novo aumento de casos da doença. 

Isso porque as novas medidas ampliaram o horário de funcionamento e de capacidade de público nos estabelecimentos comerciais da cidade - o que aumenta a circulação de pessoas e, consequentemente, do coronavírus. 

Segundo as novas regras, todas as atividades econômicas, incluindo restaurantes, academias e comércios, poderão funcionar até a meia-noite, e não mais até às 23h, como era permitido até então. A capacidade de clientes também passa de 60% para 80%. 

RECOMENDAÇÃO

Para a diretora do Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde) de Campinas, Andreia von Zuben, o cuidado precisa ser redobrado neste momento. 

"O vírus está aí, ele continua circulando. A população não está totalmente imunizada, ainda falta bastante e ainda sempre há o risco de adquirir o vírus comunitariamente aonde a pessoa estiver. Como eu faço? Tenho que tomar mais cuidados ainda, já que não há outras restrições que não me impeçam de sair de casa ou ir até alguns lugares", disse. 

Em Campinas, o toque de recolher ficou mantido por regra municipal, e será feito da 0h01 às 4h59. Eventos que gerem aglomerações casas noturnas, shows de médio e grande porte, competições esportivas com público, etc. continuam proibidos.

Essas regras anunciadas serão válidas até o dia 16 de agosto. A partir do dia 17, segundo o governo estadual, todas as limitações de horário e capacidade de público serão retiradas. 

Você viu?

NO COMÉRCIO 

O administrador de uma academia que fica em Campinas, Delphino de Freitas, afirma que vários cuidados estão sendo tomados. "Normalmente o aluno traz uma máscara a mais. Essa é a nossa recomendação. Até em relação às atividades, são mais moderadas.

Não tão intensas, onde ele não tem uma transpiração muito exagerada. Também tem um aplicativo onde ele consegue ver os hoários em que a academia está mais vazia", disse. 

Ele ainda afirmou que o descumprimento pode resultar no desligamento do aluno da academia. 

"A gente não tem encontrado muita dificuldade. O que costuma acontecer é cair um pouquinho e o aluno não perceber. Se a pessoa descumprir a regra mesmo temos até a orientação de, se for o caso, cancelar o atendimento dele. Ele fica impossibilitado de entrar na academia", contou. 


NAS RUAS 

No 1º dia útil das novas regras, a população nas ruas de Campinas afirmou que é preciso manter os cuidados contra o coronavírus, uma vez que a doença continua ter registros de óbitos e mortes diariamente. 

O morador Luciano Mendes disse que as pessoas precisam colaborar pra que a cidade não dê um passo para trás. "Se a pessoa não cumprir as regras que estão sendo passadas, a pandemia não vai acabar nunca", disse. 

Já Lucila Aparecida Andretto afirmou que continua reforçando todos os cuidados para evitar a contaminação. "Álcool em gel na bolsa e máscara. Também sempre procuro ir em supermercados em horários que não são de pico. Costumo ir durante a semana, bem tarde, próximo ao horário de fechamento para evitar a aglomeração", contou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários