Pandemia: deslocamento fica 41% mais concentrado em comércio essencial
Reprodução: ACidade ON
Pandemia: deslocamento fica 41% mais concentrado em comércio essencial

A pandemia da covid-19 alterou bruscamente a forma como nos movimentamos na cidade, principalmente para manter o isolamento social e evitar maior transmissão do vírus . Dados registrados pelo Google, através de GPS de celular, mostram como foi essa mudança.

Na região de Campinas, os deslocamentos ficaram 41% mais concentrados em idas a comércios essenciais, como mercados e farmácias. O setor foi um dos poucos que se manteve aberto durante a quarentena, justamente por ser considerado fundamental.

Além disso, as viagens para os locais de trabalho ficaram 18% mais concentradas, segundo os dados.

Já os deslocamentos não essenciais, para lugares como praças e parques, a participação foi 23% menor do que a movimentação anterior a pandemia de covid-19. No caso de deslocamentos para restaurantes e shoppings, essa queda foi de 15%. 

ALERTA DE CUIDADOS

Os dados de deslocamento são coletados pelo Google em celulares que permitem o acesso. Sobre a situação da pandemia, a Prefeitura de Campinas orienta que os cuidados contra a covid-19, com o uso de máscara, distanciamento social e álcool em gel, devem ser mantidos.

"A gente sabe que a variante delta está predominando no Rio de Janeiro e é muito fácil que ela chegue aqui, por conta da circulação das pessoas. E a variante é muito mais transmissível. Mas, se mantivermos os cuidados, estaremos protegidos", disse a diretora do Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde) de Campinas, Andrea von Zuben.

SAÍDAS MENORES

Pelo risco de contaminação ainda ser presente, os moradores de Campinas continuam tomando cuidados e evitando aglomerações. "Estou indo o mínimo possível. Vou muito pouco visitar um parente. E espaços com mais gente eu não estou indo ainda", disse a moradora Joaquina Nades.

O aposentado José Carlos Pinho também evita sair de casa se não for necessário. "Eu hoje vim no Centro, para ir na farmácia. Mas saio muito menos. Já tomei as duas doses, mas continuo me cuidando. Tenho 67 anos.", disse ele. (Com informações da EPTV Campinas)

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários