Pela 1ª vez desde 2020 nenhuma cidade de SP está com UTI-Covid lotada
Reprodução: ACidade ON
Pela 1ª vez desde 2020 nenhuma cidade de SP está com UTI-Covid lotada

Pela primeira vez desde abril de 2020 nenhuma das 645 cidades do estado de São Paulo está com o índice de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) dedicadas ao tratamento da covid-19 em 100%. A taxa foi registrada pelo governo estadual ontem (21) e é considerada como um marco no resultado do avanço da vacinação e medidas de enfrentamento e prevenção ao novo coronavírus.   

Segundo os dados do governo, atualmente há 7.495 pessoas hospitalizadas com covid-19, sendo 3.842 em UTI e 3.653 em enfermarias.

LEIA TAMBÉM
UTI-Covid: taxa de Campinas tem queda e fecha semana em 70%
Físicos da Unicamp criam modelo para prever mutações da covid
Tomou vacina? veja as principais reações da Astrazeneca, Pfizer, Coronavac e Janssen

De acordo com as informações de monitoramento do Censo Covid, realizado pelo governo estadual desde abril de 2020, em 30 de março de 2021, pico da segunda onda, chegou a 87 o número de cidades com ocupação integral dos leitos de Terapia Intensiva. Isto representa que, naquele contexto, 13% de todos os municípios de São Paulo estavam com a rede sobrecarregada.

"Este número chegou a ser quatro vezes maior no auge da segunda onda, ultrapassando 31 mil pacientes em leitos reservados para casos graves da doença. Naquele contexto, a taxa de ocupação de UTIs chegou a ultrapassar 92% no estado. Nesta data, é de 40,3% em todo o território paulista, e de 38,5% na Grande São Paulo", diz o governo de São Paulo.

No decorrer da pandemia, houve 4.209.421 casos, dos quais 3.929.437 já estão recuperados, incluindo 437.819 que foram internados e receberam alta hospitalar. Houve 144.185 óbitos.

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários