Prefeito de Engenheiro Coelho demite secretários e cargos comissionados
Reprodução: ACidade ON
Prefeito de Engenheiro Coelho demite secretários e cargos comissionados


O prefeito de Engenheiro Coelho, Zeedivaldo Alves de Almeida (PSB), anunciou neste domingo (12) que irá demitir todos os cargos comissionados da Administração, entre eles secretários municipais, diretores, coordenadores, chefes de divisão e assessores.

Em documento divulgado hoje, o prefeito diz que a decisão é em caráter de urgência e válida a partir de segunda-feira (13). Com isso, as atividades do Paço Municipal estarão suspensas nesta segunda e terça-feira (13 a 14). O atendimento ao público deve voltar na quarta-feira (15).

A decisão garante que todos os serviços essenciais serão mantidos, como: Saúde, Segurança, Transporte Escolar, Transportes de Atendimento a Saúde, creches e programação de volta às aulas. O serviço de registro de protocolos na Prefeitura também deve ser mantido, das 8h às 17h.

Além disso, o departamento de Recursos Humanos entrará em contato com os exonerados para tomas as devidas providências. "Tal medida visa o compromisso firmado com o povo coelhense, far-se-á necessária as mudanças, para que a Administração esteja realmente engajada com o acolhimento, amor ao próximo, justiça, isonomia e respeito ao erário público", disse o documento assinado pelo prefeito.

NÃO ESTAVA FELIZ

Ainda hoje, o assessor do prefeito Allan Bandera Ferreira informou que, diante das demissões, foi montado um gabinete para manter o funcionamento da Prefeitura de Engenheiro Coelho.

"O motivo foi uma reestruturação. Teve algumas situações que o prefeito não estava feliz, então ele decidiu exonerar todos pra rever caso a caso (...) Então, é esse o motivo. Mas, em nenhum momento os serviços essenciais vão parar. O gabinete já criou um grupo para cuidar do de todas as atividades essenciais. Não corre nenhum risco de parar nenhuma atividade", escreveu.

O assessor afirmou ainda que o prefeito irá conversar com todos os demitidos, um por um, para verificar a possibilidade de recontratação. Questionado sobre quantas pessoas deverão ser exoneradas, Ferreira não respondeu.

Zeedilvado foi eleito em 2020 para assumir o cargo do Executivo a partir de 2021. A cidade tem população estimada de 21.712 pessoas, de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários